Fonte: OpenWeather

    Estudo de campo


    Tite visita Catar em dezembro para estudar estilo de jogo de seleções

    Essa será a quarta vez que uma delegação da CBF visitará o país-sede do próximo mundial

     

    Tite avalia as seleções rivais
    Tite avalia as seleções rivais | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

    Após quase dois anos da última observação in loco fora do Brasil, a comissão técnica da Seleção Brasileira tem itinerário definido para retomar o trabalho na Europa.

    A partir de primeiro de dezembro, os auxiliares do técnico Tite estarão em oito jogos espalhados entre França, Espanha, Itália e Inglaterra, e ainda vão realizar visitas aos centros de treinamento dos clubes europeus.

    A agenda de observações em solo estrangeiro estava interrompida devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, mas será retomada em um momento importante da preparação para a Copa do Mundo FIFA Catar 2022.

    O técnico Tite, por sua vez, também acompanhará jogos presencialmente, porém, no Catar. Acompanhado do coordenador Juninho Paulista e do auxiliar César Sampaio, o treinador estará nas quatro partidas das quartas de final da FIFA Arab Cup, disputadas entre os dias 10 e 11 de dezembro.

     

    O time segue em preparação
    O time segue em preparação | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

    "Do ponto de vista técnico, é uma oportunidade de observar oito seleções com possibilidades de enfrentamento numa primeira fase de grupos da Copa do Mundo. São equipes que vêm evoluindo e merecem a nossa atenção", disse Tite.

    Essa será a quarta vez que uma delegação da CBF visitará o país-sede do próximo mundial. A primeira de Tite e a segunda do coordenador Juninho Paulista, que já conheceu parte da estrutura oferecida pelo Catar.

    “Em janeiro deste ano, tive a oportunidade de conhecer algumas instalações e agora temos um direcionamento mais concreto do que queremos, porém, com outras novas opções para escolha. É um processo longo, que requer muita atenção e o envolvimento de muitas áreas. Por isso a presença do Tite nessa viagem também é fundamental para uma futura definição da nossa base de campo. Como muitos profissionais em diversas áreas nos readaptamos em um momento difícil do mundo para seguirmos com o monitoramento dos atletas. Hoje com o avanço global da vacinação e a abertura das fronteiras vamos retomar com o que entendemos ser o ideal para as análises dos jogadores monitorados, além de poder voltar a visitá-los nos centros de treinamento e estreitar os laços de colaboração com as comissões técnicas dos clubes", comentou o coordenador da Seleção Brasileira, Juninho Paulista.

    Além de Juninho Paulista, Tite e César Sampaio, a comitiva da CBF presente nessa quarta visita ao Catar é composta por Guilherme Ramos (fisiologista), Luis Vagner Vivian (gerente), Hamilton Correia (administrador) e Aloísio Rocha (chefe de segurança).

     

    A  Seleção Brasileira voltará a campo em janeiro
    A Seleção Brasileira voltará a campo em janeiro | Foto: Lucas Figueiredo/CBF

    Invicta com 11 vitórias e dois empates e após garantir a classificação para a Copa do Mundo Fifa Catar 2022 na penúltima rodada das Eliminatórias, a Seleção Brasileira voltará a campo em janeiro do ano que vem para enfrentar o Equador, em Quito, e o Paraguai no Mineirão, em Belo Horizonte.

    Leia mais:

    Conmebol suspende árbitro e VAR por lance em jogo do Brasil e Argentina 

    Brasil fica em segundo no ranking das Seleções Fifa 

    Formiga se despede da Seleção Feminina após disputar 7 Copas do Mundo