Fonte: OpenWeather

    Surto


    Time de futebol português detecta 13 casos da Ômicron

    A Direção Geral de Saúde de Portugal anunciou que todo o elenco passará por testagem

     

    A suspeita é de que o surto tenha iniciado depois que o zagueiro Cafú Phete retornou dos compromissos junto da Seleção Sul-Africana
    A suspeita é de que o surto tenha iniciado depois que o zagueiro Cafú Phete retornou dos compromissos junto da Seleção Sul-Africana | Foto: Kapla +

    Portugal detectou nesta segunda-feira (29) 13 pessoas com a variante Ômicron de Covid-19.

    Todas elas pertencem ao Belenenses, equipe de futebol de Lisboa que atua na primeira divisão portuguesa.

    A Direção Geral de Saúde de Portugal anunciou que todo o elenco passará por testagem para que os casos não aumentem.

    A suspeita é de que o surto tenha iniciado depois que o zagueiro Cafú Phete retornou dos compromissos junto da Seleção Sul-Africana, durante a data Fifa.

    Entre os infectados estão jogadores e outros funcionários do clube. Estes se encontram isolados, cumprindo o protocolo estabelecido pela Liga Portuguesa de Futebol.

    A equipe entrou em campo no último sábado (27) para enfrentar o Benfica com apenas nove jogadores. Os adversários acabaram vencendo por 7 x 0.

    Segundo informações do jornal português "A Bola", os jogadores do Benfica passarão por testagens para confirmar se houve ou não algum tipo de infecção.

    O clube culpa a Liga Portuguesa pelo não adiamento da partida. A Direção Geral de Saúde portuguesa afirmou que não há responsabilidade sobre a realização da partida.

    *Metrópoles

    Leia mais:

    Amazonas não registrou mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas 

    Salvador cancela festa do Réveillon por medo de variante 

    Veja o que se sabe da nova variante Ômicron