Fonte: OpenWeather

    Sonho no esporte


    Lutador de MMA de Urucará, no AM, supera dificuldades e sonha com UFC

    O sonho do atleta no esporte nasceu após assistir uma luta do Anderson Silva, sua grande inspiração nos octógonos

     

    Jadson sonha em ser o melhor lutador e chegar em grandes competições como o UFC
    Jadson sonha em ser o melhor lutador e chegar em grandes competições como o UFC | Foto: Arquivo pessoal

    Manaus (AM) - Com exigência de esforço, dedicação e persistência, o MMA é um esporte que traz inúmeros benefícios para aqueles que o praticam. A modalidade se tornou o sonho de muitos lutadores nos últimos anos.

    Um deles é o amazonense Jadson Moraes, o "Ragnar", de 28 anos, que viu nas telas da TV, a inspiração para o sonho de se tornar um lutador de MMA e participar do combate internacional de Ultimate Fight Champioship, o UFC

    Jadson tinha 16 anos e morava em Urucará, sua cidade natal, quando assistiu a emblemática luta de Anderson Silva e  Forrest Griffin, em 2009, na qual consagrou o brasileiro como o grande campeão do UFC daquele ano. 

    O momento marcou Jadson que decidiu, que buscaria uma academia em Manaus para desenvolver a arte. Foi nesse momento que o sonho de ser um lutador nasceu. 

    "

    Eu disse que quando chegasse em Manaus iria procurar uma academia para treinar e ser um campeão. Foi naquele momento em que vi o Anderson Silva lutando "

    Jadson Moraes, o "Ragnar", Lutador

     

    Em janeiro de 2012, aos 19 anos, Jadson chegou em Manaus na busca por uma vida melhor. Desde então, o lutador busca se dedicar para realizar o sonho de ser conhecido no MMA mundial. 

    Com inúmeras conquistas, o lutador se dedicou e hoje é o detentor do cinturão do maior evento de luta do Norte, o Mr CageJadson considera esta a vitória a mais importante da carreira.

    Dificuldades na carreira 

     

    O sonho de ser lutador nasceu ao ver uma luta de Anderson Silva
    O sonho de ser lutador nasceu ao ver uma luta de Anderson Silva | Foto: Arquivo pessoal

    A vida no esporte não é fácil. Além do esforço e dedicação que necessário fazer, os atletas ainda enfrentam a falta de investimento e dificuldades financeiras para alavancar a carreira.

    Com Jadson não foi diferente, ele revela que encontrou e encontra até hoje desafios para enfrentar os problemas financeiros. 

    "É a minha realidade e a de vários atletas. Quem vive do esporte tem dificuldades na área financeira e eu luto cada dia mais para que o sonho não se acabe", revela.

    Jadson conta que ainda teve que lidar com a preocupação dos pais no inicio da carreira. Pelo fato do MMA ser um esporte de muito contato, a família ficou receosa, mas nunca o impediram de viver o sonho de ser um lutador no esporte e na vida.

    "

    Depois que eu ganhei a primeira luta, já começaram a me apoiar e em seguida não falaram mais nada "

    Jadson Moraes, o "Ragnar", Lutador

     

    Reconhecimento do treinador

    Com uma rotina de treinos diário intensa, o atleta conta com o apoio e suporte do treinador Cristiano Carioca, que está há mais de sete anos acompanhando a rotina esportiva de Jadson.

      O amazonense começa a treinar MMA Pro às 10h até 11h30. Após meia hora, começa o treino técnico de jiu-jitsu e segue até às 13h. No fim do dia, de 17h às 20h, o lutador trabalha a preparação física. Mesmo com as intensas atividades, quando está disposto, ainda ajuda o técnico com treinamentos acadêmicos de outros alunos.  

     

    O treinador admira a trajetória de determinação e perseverança
    O treinador admira a trajetória de determinação e perseverança | Foto: Arquivo pessoal

    O treinador Carioca explica que a determinação e perseverança do aluno foi uma das coisas que mais chamou sua atenção. 

    "Vi sua determinação e perseverança durante toda essa caminhada, é isso que distingue um amador de verdadeiro profissional", revela.

    Carioca não economiza nos elogios e declara que, mesmo após inúmeras quedas, Jadson se ergueu e enfrentou os desafios para realizar o sonho de ser um talentoso lutador.

    "

    É incrível o tamanho da garra dele e a sua força de vontade. O Jadson é do tamanho do sonhos dele, e enquanto continuar a acreditar, tenho certeza que irá longe. Além de tudo, algo que me toca muito é a sua total fidelidade e sua coragem digna de um guerreiro pronto para conquistar o mundo "

    Cristiano Carioca, Treinador

     

    A luta na vida do atleta

     

    | Foto: Arquivo pessoal

    Ficou claro que a perseverança é uma das marcas de "Ragnar", que mesmo começando no mundo da luta em uma idade que era considerada "tardia", não mediu esforços para superar todo e qualquer desafio. 

    O  MMA mudou a vida do atleta. Ele consegue enumerar os benefícios que o esporte trouxe para a sua vida. Um deles, é a sensação de estar vivo e a felicidade que sente quando está fazendo o que mais gosta.

    "

    O que eu mais gosto na luta é a sensação de estar vivo. Todo dia eu acordo com vontade de treinar e me tornar um grande campeão e conquistar vários títulos em grandes eventos "

    Jadson Moraes, o "Ragnar", Lutador

     

    Para o futuro, Jadson tem o que ele chama de "Plano A", onde sonha e trabalha para chegar nos maiores eventos do MMA. O desejo é o que impulsiona "Ragnar" a lutar todos os dias e crescer ainda mais na modalidade esportiva.

    Leia mais:

    Desafio de jiu-jítsu reúne ex-lutadores do UFC em Manaus

    Dana White elogia Anderson Silva: “Melhor de todos os tempos”

    Lutador indígena de MMA é campeão na 1ª edição do “Star Combat”