>

    Fonte: OpenWeather

    Saúde


    Plásticos e os riscos da dioxina

    As dioxinas são formadas principalmente através de processos industriais, como a incineração de substâncias restantes de operação industrial e podem estar presentes em vários processos utilizados pelos humanos

     

    | Foto: Divulgação

    O aquecimento de recipientes plásticos contendo alimentos pode liberar substâncias nocivas com potencial de causar câncer, como a dioxina, o bisfenol A (BPA) e os ftalatos. Muitas pessoas desconhecem a substância chamada dioxina, mas infelizmente ela está presente em nosso corpo e pode tornar-se um agente cancerígeno em nível elevados.

    As dioxinas são formadas principalmente através de processos industriais, como a incineração de substâncias restantes de operação industrial e podem estar presentes em vários processos utilizados pelos humanos, como por exemplo na alimentação. A contaminação pode ocorrer quando ingerimos alimentos que tiveram contato direto com embalagens que possuam dioxinas. É muito comum utilizar frascos de plástico para guardar restos de alimento na geladeira, até aí tudo bem, contudo quando você deseja comer aquela sobra do dia anterior, você pega a vasilha de plástico e coloca direto no micro-ondas para aquecer aquela sobra do dia anterior e que ficou refrigerada e conservada. Aí mora o grande risco pois todo plástico que vem de derivados do petróleo, libera a famosa substância denominada de dioxina quando sofre aumento de temperatura ou exposto ao sol.

    Qualquer plástico pode conter dioxina, desde brinquedos a garrafas de refrigerantes. Em condições normais não causam prejuízos, muitos plásticos até garantem alguma segurança, mas o aconselhável é nunca aquecer nenhum tipo de plástico, seja em micro-ondas ou outras fontes de calor. Após a revolução industrial, a sociedade passou a usar desordenadamente muitos plásticos, principalmente em casa, tudo passou a ser descartável, além de prejudicar nossa saúde poluem os rios, os oceanos e o meio ambiente de maneira geral.

     O ideal para esquentar a comida é utilizar sempre vasilhames de vidros (temperado). O famoso cafezinho quente no plástico também é desaconselhável, inclusive, muitos países já proibiram o uso deste material para servir bebidas quentes. Os compostos tóxicos liberados no aquecimento do plástico causam prejuízos principalmente a crianças e grávidas. Portanto, recomendo a substituição para vasilhas de vidros. Vamos cuidar da nossa saúde e contribuir também com a natureza diminuindo o uso de plásticos em nossas vidas. Cuidem-se!

    Campanha Amazonpedia