Fonte: OpenWeather

    Herança


    Saiba quem são e o que fazem as seis filhas de Silvio Santos

    As quatro herdeiras mais jovens são fruto do relacionamento com a mulher, Íris Abravanel, enquanto as duas primeiras são filhas da primeira esposa, Maria Aparecida Vieira Abravanel, a Cidinha

    Cinco usam o sobrenome do pai, Abravanel. A exceção é Daniela Beyruti
    Cinco usam o sobrenome do pai, Abravanel. A exceção é Daniela Beyruti | Foto: Divulgação

    Brasil - Silvio Santos completa 90 anos de idade neste sábado (12), e tem seis filhas que, em maioria, trabalham no próprio SBT. Cíntia (56 anos de idade), Silvia (49), Daniela (44), Patrícia (43), Rebeca (39) e Renata (35). Cinco usam o sobrenome do pai, Abravanel. A exceção é Daniela Beyruti.

    As quatro herdeiras mais jovens são fruto do relacionamento com a mulher, Íris Abravanel, enquanto as duas primeiras são filhas da primeira esposa, Maria Aparecida Vieira Abravanel, a Cidinha.

    Cintia Abravanel

    'Filha número 1', Cintia Abravanel nasceu em 1963, fruto do relacionamento de Silvio Santos com Maria Aparecida, a Cidinha, sua primeira esposa, que morreu após um câncer, em 1977.

    A primogênita trabalha como diretora de teatro, e já chegou a presidir o Centro Cultural do Grupo Silvio Santos. 

    Silvia Abravanel

    Em certa ocasião, a 'filha número 2' de Silvio Santos relatou que trabalha no SBT desde que tinha 16 anos de idade: "Passou do portão para dentro, sou funcionária".

    Adotada por Silvio e sua primeira esposa, Cidinha, quando tinha apenas três dias de vida, em 1971. “Isso nunca me trouxe problema, sempre tive orgulho de ter sido adotiva. Pra mim, eu fui um presente pro meu pai, um presente do coração”, conta, sobre o fato.

    Em 2003, Silvia teve uma breve passagem pela emissora online AllTV, onde apresentou o programa Sobretudo. Em janeiro de 2004, estreou no SBT, à frente do Casos da Vida Real e, em seguida, no Programa Cor de Rosa.

    Sem muito sucesso em seu começo como apresentadora, passou algum tempo afastada das telas. Em 2015, passou a apresentar programas infantis como o Sábado Animado e o Bom Dia e Cia., em que ficou conhecida.

    Daniela Beyruti

    Nascida em 1976, a 'filha número 3' de Silvio Santos trabalha no SBT, onde já ocupou posições como diretora-geral e diretora artística. Atrás das câmeras, foi responsável por programas como o Ídolos.

    Eventualmente, faz participações em alguns dos programas do pai no SBT, inclusive ao lado de suas irmãs.

    Patrícia Abravanel

    Nascida em 1977, Patrícia Abravanel fez sua estreia como apresentadora no Festival SBT 30 Anos, em 2011. Frequentemente, faz participações no elenco fixo de quadros do programa de seu pai, aos domingos.

    A 'filha número 4' de Silvio Santos também já esteve à frente de programas como Cante se Puder, Roda a Roda, Máquina da Fama e Topa ou Não Topa. 

    A primeira vez em que Patrícia Abravanel foi alvo da atenção nacional foi em 2001, quando foi vítima de um sequestro que teve grande repercussão midiática e deve virar filme em breve.

    Rebeca Abravanel

    A 'filha número 5' de Silvio Santos tem o mesmo nome de sua avó, a mãe de Silvio Santos, Rebeca Abravanel. Atualmente, está à frente do Roda a Roda Jequiti.

    Ela fez sua estreia como apresentadora em 2016, à frente do game show Caldeirão da Sorte, que dava prêmios a consultores e clientes da Jequiti, empresa na qual era diretora, à época.

    Renata Abravanel

    A caçula de Silvio Santos (nasceu em 1985 e se formou em administração de empresas pela Liberty University, nos Estados Unidos, em 2007. 

    Apesar de não aparecer com frequência em frente às câmeras, a 'filha número 6' chegou a atuar como coordenadora do departamento de novas mídias do SBT entre 2008 e 2010, e hoje trabalha no Grupo Silvio Santos. 

    *Com informações do Estadão

    Leia mais:

    'Não sou apaixonado por ela': diz marido da ex-BBB Ivy

    Gusttavo Lima nega recaída às escondidas com Andressa Suita

    Ex-RBD Christian Chávez é acusado por garoto de programa de passar HIV