Fonte: OpenWeather

    Multidão


    Cantor Belo é preso após show durante o carnaval em comunidade

    Belo foi preso junto com sócios e com o chefe do tráfico do Parque da União, onde o evento foi realizado

     

    Durante o Carnaval, o cantor se apresentou para uma multidão no pátio de uma escola
    Durante o Carnaval, o cantor se apresentou para uma multidão no pátio de uma escola | Foto: Divulgação

    O cantor Belo foi preso nesta quarta-feira (17) de cinzas. Segundo informações da rádio BandNews FM e do G1, o pagodeiro foi detido pela Delegacia de Combate às Drogas da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

    Belo, sócios de uma produtora e o chefe do tráfico do Parque União, onde o evento foi realizado, foram alvos de uma operação da autoridade. 

    Durante o Carnaval, o cantor se apresentou para uma multidão no pátio de uma escola que está fechada desde 2020 por conta da pandemia do coronavírus e foi criticado pelo público.

    Uma das dúvidas da polícia é quem havia pago o cachê do pagodeiro para a apresentação. Ele foi detido em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio, onde passava o restante do feriado. 

    Além de saber quem pagou o cachê, a polícia investiga a invasão do colégio. Para a operação desta quarta foi pedido à justiça a emissão de quatro mandados de prisão preventiva e cinco de busca e apreensão.

    O alvo desta foi a produtora Série Gold, que teria realizado o evento. Foram apreendidos computadores, equipamentos e veículos.

    Para a prisão preventiva não cabe habeas corpus, mas o pedido de uma revogação pela defesa dentro dos autos do processo. A decisão não pode ultrapassar 180 dias neste caso, já que foi decretada no curso da investigação.

    *Com informações do G1

    Leia mais:

    Carnaval 2021: falta de renda extra preocupa comerciantes no AM

    Prefeitura de Manaus anuncia que vai suspender carnaval deste ano

    Novo decreto altera horários das feiras e feriado de carnaval no AM