Fonte: OpenWeather

    BBB21


    Caio e Gilberto brigam por causa de estalecas: "Não fica nervoso não"

    Caio não gostou do jeito que Gil falou com ele e pediu: "Se você quiser conversar comigo, você abaixa o tom de voz"

     

    Gil falou que achava injusto as pessoas que não estão perdendo estalecas
    Gil falou que achava injusto as pessoas que não estão perdendo estalecas | Foto: Divulgação

    E os ânimos ficaram agitados no começa da noite desta quarta-feira (24). O clima ficou um tenso entre Caio e Gilberto enquanto almoçavam. Os brothers conversavam quando o assunto estalecas surgiu.

    O fazendeiro contou que nunca passou fome na Xepa, mas que essa semana os confinados que estão lá, estão comendo menos, pois erraram na hora das compras e, além disso, nem todo mundo ajudou com o suficiente em estalecas.

    Gil falou que achava injusto as pessoas que não estão perdendo estalecas, contribuam com muitas na hora da compra da comida para compensar. Em seguida, Caio questionou se Gil estava falando mal de todas as pessoas que perdem estalecas, e lembrou a vez que Fiuk não conseguiu contribuir com as compras.

    O doutorando economia não gostou do cantor ser incluído na conversa: "Eu concordo que tem que pensar em grupo, analisar as coisas. Mas é pensar em grupo com justiça. Porque senão, fica desproporcional.".

    Fiuk não entendeu muito bem a colocação do brother, e ele explicou o que era a  questão das estalecas. Caio, que está na mesa, ainda relembrou uma situação em que o doutorando em Economia perdeu 500 estalecas e deixou Gil irritado. "Foi outra situação", rebateu ele.

    Caio não gostou do jeito que Gil falou com ele e pediu: "Se você quiser conversar comigo, você abaixa o tom de voz".

    Após a briga, Gilberto desabafou com Lumena sobre atitude de brother: "Cada um tem uma dificuldade, jogar os meus surtos no negócio de estalecas que não tem nada a ver, eu acho muito baixo. Colocar os meus surtos num negócio de estalecas é podre, isso é podre. Não tem nada a ver, ele sabe que toca em mim em um negócio muito fundo. É muito podre, mas Deus é justo".

    *Com informações do UOL

    Leia Mais:

    Prefeitura de Manaus visita idosos com mais de 70 anos para vacinação

    Cestas básicas são doadas para pessoas em situação de vulnerabilidade

    Explosão em condomínio de Manaus deixa vítimas com queimaduras