Fonte: OpenWeather

    Inclusão


    Cadeiras de rodas são entregues a alunos da rede municipal em Manaus

    As cadeiras de rodas representam não apenas um auxílio, que promove a ampliação de uma habilidade funcional, mas possibilita a realização de uma função que, para esses alunos, se encontra impedida por diversas circunstâncias

    A entrega das 16 cadeiras aconteceu nesta terça-feira | Foto: Divulgação

    Alunos da rede pública municipal, atendidos pelo Centro Municipal de Educação Especial (CMEE) André Vidal de Araújo, e que possuem dificuldades de locomoção, receberam cadeiras de rodas novas. A entrega das 16 cadeiras aconteceu nesta terça-feira, 17/4 no CMEE. Foram entregues quatro para alunos tetraplégicos e 12 para estudantes paraplégicos.

    As cadeiras de rodas representam não apenas um auxílio, que promove a ampliação de uma habilidade funcional, mas possibilita a realização de uma função que, para esses alunos, se encontra impedida por diversas circunstâncias.

    O valor do equipamento vai muito além, como explicou a mãe do aluno Francisco Lucas, 17, Jussara Castro, que frequenta a unidade desde 2008. O menino, que tem paralisia cerebral, havia estudado em unidades de ensino regular até os 7 anos, cresceu e necessitou de uma nova cadeira. O novo equipamento representa a continuidade da evolução do jovem.

    “A cadeira para ele é fundamental, porque ele ainda não consegue utilizar as pernas para se locomover, então, utilizo para levá-lo para a sala de aula, para o jiu-jitsu, natação, entre outras coisas”, contou Jussara.

    A mãe destacou, ainda, que desde que o filho passou a ser atendido pela equipe do CMEE, houve avanços significativos em seu desenvolvimento, ao aprender a falar, escrever o próprio nome, ganhando em qualidade de vida.

    O plano de aquisição das novas cadeiras de rodas da Secretaria Municipal de Educação (Semed) foi elaborado, justamente, para auxiliar famílias com dificuldades financeiras para a compra do equipamento.

    “A medida visa a facilitar e dar mais qualidade de vida aos estudantes, que ficarão acomodados de uma forma que vai facilitar a interação deles em sala de aula, com os demais alunos”, finaliza a gerente de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, Reni Formiga.