Fonte: OpenWeather

    Desaparecido


    Sem notícias há 6 meses, mãe procura por filho desaparecido em Manaus

    A última vez que foi visto, Lucas estava na rua Asurini, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus

    Lucas tem uma tatuagem com o nome  dele no braço direito e vestia calça e boné vermelhos, camisa de mangas comprida cinza e tênis cinza com preto, na última vez que foi visto
    Lucas tem uma tatuagem com o nome dele no braço direito e vestia calça e boné vermelhos, camisa de mangas comprida cinza e tênis cinza com preto, na última vez que foi visto | Foto: Divulgação

    Manaus - Lucas Souza da Silva, de 19 anos, foi visto pela última vez na tarde do dia 8 de agosto de 2019. Na ocasião, o rapaz informou à mãe que caiu de uma árvore e solicitou uma corrida por aplicativo na rua Asurini, comunidade Parque Celebridades, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus, em direção ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galileia, localizado no bairro Monte das Oliveiras.

     “Eu acompanhei o trajeto do Lucas pelo aplicativo, vi que ele chegou lá, mas no dia estava tendo greve e ele não conseguiu ser atendido’’, informou Laurenize Souza, mãe de Lucas.

    Não conseguindo atendimento, o rapaz informou à mãe que iria para a casa da irmã, no bairro Viver Melhor, também na Zona Norte, esse foi o último contato dele com a mãe.

    “Eu não me preocupei. Ele sempre ia para a casa da irmã. Então eu não disse nada’’, conta Laurenize.

    Cerca de um mês depois, a mulher recebeu informações de que Lucas tinha dado entrada no SPA Galileia e foi ao local investigar.

    “Informei isso para a polícia, mas eles não fizeram nada. No hospital, a assistente social mostrou um registro de entrada no hospital com os dados dele’’, conta a mãe.

     Entretanto, após verificar as imagens das câmeras de segurança da unidade, Laurenize garante que não o era o filho dela. “Não era ele, o rapaz que aparece nas imagens é branco, alto, nada parecido com meu filho”.

    Além do uso dos documentos de Lucas, a mãe relata que também usuram cartão passa-fácil do jovem, mas a pista não foi o suficiente para ter mais informações sobre o paradeiro do garoto.

    Aflita, a mulher conta que sempre ouve os noticiários e espera alguma notícia sobre o filho: ‘’O que me dói mais é não ter nenhuma informação, nenhum retorno, eu vejo na televisão todo dia as notícias de corpos achados’’, conta Laurenize, emocionada.

    Caraterísticas

    O jovem possui uma tatuagem no braço direito escrito o nome “Lucas” e, no dia em que desapareceu, vestia calça e boné vermelhos, camisa de mangas comprida cinza e tênis cinza com preto.

    Quem tiver informações sobre o paradeiro de Lucas, pode entrar em contato com a Polícia Civil do Amazonas pelo número (92) 3214-2268 ou com os familiares pelos números (92) 99259-4951, (92) 99133-6133 e (92) 99239-8910.


    Estagiária sob supervisão da editora Mara Magalhães*