Fonte: OpenWeather

    Meio Ambiente


    Supermercados DB retiram 625 mil sacolas plásticas em Manaus

    DB utilizará caixas de papelão e sacolas reutilizáveis como forma de ajudar a proteger o meio ambiente

    Sacolas reutilizáveis
    Sacolas reutilizáveis | Foto: Divulgação

    Manaus - O Grupo DB lançou uma grande ação de conscientização para substituir o uso de sacolas plásticas por caixas de papelão e sacolas reutilizáveis durante as compras. Pois estima-se que o tempo médio de decomposição do plástivo são de 200 anos sendo, as sacolas, um dos grandes inimigos do meio ambiente.

    Em apenas uma semana de teste, em algumas lojas da rede em Manaus, com uso de caixas de papelão, houve redução de sacolas plásticas em 625 mil unidades. As informações são da assessoria. 

    Diante da grande aceitação dos clientes, a medida – que faz parte do projeto “DB do Bem” lançado pela empresa este mês e que inclui uma série de ações nas áreas ambiental, social e cultural – será levada para todas as 25 lojas e centros de distribuição da rede em Manaus, além das unidades em Boa Vista (RR) e Porto Velho (RO).

    De acordo com o presidente do Grupo DB e idealizador do projeto, Sidney Pedrosa, neste momento, a prioridade é atuar na conscientização dos clientes para a mudança gradual, oferecendo além das caixas de papelão, sacolas reutilizáveis (que podem ser adquiridas a partir de R$ 3) e o incentivo para que os consumidores tragam suas próprias sacolas de casa.

    Após o período de implantação gradual do novo sistema, estimado para ser concluído nos próximos meses, as sacolas plásticas continuarão disponíveis nas lojas para os clientes que optarem pelo produto nas suas compras, porém será cobrado um valor por unidade solicitada.

    Riscos para saúde

     Na avaliação do geografo, ambientalista e diretor da ONG WCF, Carlos Durigan, a substituição gradual das sacolas plásticas na rede de supermercados DB é um exemplo que deve ser seguido por outras empresas da iniciativa privada, uma vez que além do risco para o meio ambiente, representa uma grave ameaça para a saúde humana.

    “Com o tempo, as sacolas vão perdendo seu formato visual, porém as micropartículas que integram sua composição continuam na água, ruas, alimentos e no ar, e são ingeridas e inaladas pelo ser humano. Esse micro plástico passa a fazer parte do organismo e o acúmulo pode causar problemas de saúde com o passar dos anos”, alertou Durigan, que defende ainda que o plástico seja utilizado apenas em artigos nos quais não há outra matéria-prima disponível para sua produção.

    Leia mais:

    Supermercados 24h de Manaus tem aumento de clientes na madrugada

    Serviço de entrega de supermercado chega à Zona Centro-Sul de Manaus

    Conheceu o amor da sua vida no supermercado de Manaus?