Fonte: OpenWeather

    3º Encontro


    Fumantes em tratamento participam do Encontro de Egressos. Saiba mais

    O Evento tem como objetivo reunir as pessoas que participaram das ações desenvolvidas pelos 22 Ambulatórios de Tratamento de Fumantes de Manaus

    Além de depoimento de ex-fumantes sobre a experiência vivenciada no processo de abandono do cigarro, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá fazer a entrega de certificados e organizar atividades recreativas com sorteio de brindes, bingo e atividade física para os participantes. | Foto: Divulgação

    Manaus- Promover a troca de experiências bem sucedidas no abandono do cigarro e comemorar a conquista de uma vida mais saudável. Esses são os objetivos do 3º Encontro de Egressos do Programa de Tratamento ao Fumante, evento que será promovido pela Prefeitura de Manaus no próximo sábado (8), no Parque Municipal do Mindu, no Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, das 8h às 13h30.

    O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, explica que o Encontro de Egressos é um evento organizado com o objetivo de reunir as pessoas que participaram das ações desenvolvidas pelos 22 Ambulatórios de Tratamento de Fumantes de Manaus, serviços que integram o Programa Municipal de Prevenção e Controle do Tabagismo.

    “O público alvo são os pacientes que conseguiram, com o apoio dos Ambulatórios de Fumantes, abandonar o uso do cigarro. O encontro é uma oportunidade para o compartilhamento da experiência de cada um, fortalecendo a ideia de que é possível deixar de fumar e conquistar hábitos saudáveis de vida”, destaca Magaldi.

    Durante o Encontro de Egressos, além de depoimento de ex-fumantes sobre a experiência vivenciada no processo de abandono do cigarro, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá fazer a entrega de certificados e organizar atividades recreativas com sorteio de brindes, bingo e atividade física para os participantes.

    A gerente de Promoção à Saúde da Semsa, Francinara da Silva Lima, informa que a Prefeitura de Manaus iniciou a implantação dos Ambulatórios de Tratamento de Fumantes em 2008 com sete Unidades de Saúde, ampliando para os atuais 22 serviços. Entre os anos de 2013 e 2017, 1.706 pessoas procuraram e participaram do programa, tendo atingido um índice médio de 54% de cessação do uso do tabaco entre os participantes.

    “É um índice considerado alto, já que os estudos mostram que o índice médio de abandono do cigarro, entre pessoas que procuram apoio profissional de saúde, é de 30%. A meta da Semsa é finalizar 2018 com uma taxa de 60%, mas alguns ambulatórios já conseguem ter um sucesso de 90% a 100%”, destaca Francinara.

    O tratamento é baseado na abordagem cognitiva comportamental, e suporte medicamentoso, quando necessário, para pessoas que querem abandonar o consumo de derivados do tabaco, especialmente o cigarro. Cada ambulatório abre duas a três turmas ao ano, de acordo com a demanda, e são realizadas sessões individuais ou em grupos de apoio, com uma equipe profissional multidisciplinar capacitada para o atendimento.

    Promoção da saúde

    O tabagismo é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) a principal causa de morte evitável em todo o mundo. A fumaça do cigarro contém mais de 4.700 substâncias tóxicas, incluindo arsênico, amônia, monóxido de carbono (o mesmo que sai do escapamento dos veículos), substâncias cancerígenas, além de corantes e agrotóxicos em altas concentrações. São mais de 50 tipos de doenças relacionadas ao uso do tabaco.

    Segundo Francinara, o uso do cigarro, o consumo excessivo de álcool, alimentação não saudável e a falta de atividade física, são fatores de risco intimamente ligados ao desenvolvimento das doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes e hipertensão, doenças cardíacas, pulmonares e tipos de câncer.

    “E cada pessoa que consegue ter sucesso no abandono do cigarro, é um paciente a menos que vai precisar dos serviços de saúde para tratar doenças muito graves. Por isso, é muito importante comemorar a conquista das pessoas que participaram dos Ambulatórios de Fumantes, assim como destacar o trabalho dos profissionais envolvidos em todo esse processo de promoção da saúde e que representa melhor qualidade de vida para a população”, ressalta.

    Os 22 Ambulatórios estão distribuídos em Unidades Básicas de saúde (UBSs) localizadas nas zonas Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural, facilitando o acesso ao serviço. O único pré-requisito é que a pessoa tenha o desejo de abandonar o cigarro.

    Ambulatórios para Tratamento de Fumantes por zona

    Norte

    1 – UBS Frei Valério – rua Bom Jesus, s/nº – Novo Israel;

    2 – UBS Sálvio Belota – rua das Samambaias, nº 786 – Santa Etelvina;

    3 – UBS Armando Mendes – rua 05, S/N, Conj. Manôa;

    4 – Policlínica Dr. José Antônio da Silva – rua Aroeiras, nº 55 – Monte das Oliveiras;

    5 – Policlínica Anna Barreto – av. Grande Circular, S/N – Monte Sião;

    6 – UBS José Figlioulo – ruas Rios Arinos, s/n, Conjunto Viver Melhor – bairro Lago Azul;

    7 – UBS Balbina Mestrinho – rua Maj. Silvério J. Nery (rua 170), Núcleo III, Cidade Nova;

    Sul

    8 – Policlínica Castelo Branco – rua do Comércio, s/n, Parque 10;

    9 – Policlínica Antônio Reis – rua São Luiz, s/n, São Lázaro;

    10 – UBS Petrópolis – rua Delfim de Souza, s/n, Petrópolis;

    11 – UBS Nilton Lins – avenida Professor Nilton Lins, Lote 3, Parque das Laranjeiras;

    Leste

    12 – UBS Ivone Lima dos Santos –  rua 08, s/n Coroado III;

    13 – Policlínica Comte Telles – rua J, s/n, Etapa B do bairro São José III;

    14 – UBS Dr. Alfredo Campos – rua André Araújo, s/n, Zumbi II;

    15 - UBS Amazonas Palhano  – rua Antonio Matias, s/n, São José II;

    16 – UBS Mauzinho – rua Rio Negro, 113, Mauazinho;

    Oeste

    17 – Policlínica Franco de Sá – rua V, nº 150, no bairro Nova Esperança I;

    18 – Policlínica Djalma Batista – rua 23 de Dezembro, s/n, Compensa II;

    19 – UBS Deodato de Miranda Leão – rua Presidente Dutra, s/n, Glória;

    Rural

    20 – UBSR São Pedro, localizado no Km 35 da rodovia AM-010;

    21 – UBSR Pau Rosa, Km 21 da BR 174, ramal do Pau Rosa;

    22 – UBSR Ephigenio Sales, AM – 010, Km 41.


    *Com informação da assessoria 


    Leia mais:

    Vídeo: Saída de médicos cubanos compromete saúde no interior do AM

    Manaus registra redução de casos suspeitos de sarampo

    Você sabe qual ritmo do seu coração? Especialista no AM explica