Fonte: OpenWeather

    OLD_spte


    Iranduba aposta na ‘mistura’ de talentos do Norte

    Mulherada está confiante na conquista do título - foto: Diego Jatanã

    Manaus, Iranduba, Rio Preto da Eva, Autazes, Manacapuru e, até mesmo, Pará e Roraima. Sim, esses são os municípios e Estados que compõem o Esporte Clube Iranduba da Amazônia (Ecia) que, apesar de carregar o nome de apenas um município do Amazonas, apresenta representantes de vários ‘cantinhos’.

    E com essa diversidade toda a equipe de mulheres entre 18 e 30 anos se prepara para encarar, amanhã, no estádio Ribeirão, em Boa Vista, o Atlético de Roraima, pela Copa do Brasil de Futebol Feminino.

    No total, o grupo do técnico Olavo Dantas possui 25 atletas que pretendem fazer da mistura, uma vantagem para levar a competição. “Nosso trabalho é voltado para o alto rendimento. Procuramos talentos, por isso abrimos seleção para atletas de outras cidades e até de outros Estados também”, explica.

    Entre as jogadoras, a volante Rosiane Barbosa (23), a ‘Maicon’, é a única natural de Iranduba.

    Para a atacante Érica Costa, 20, natural de Boa Vista, jogar sua primeira partida contra as conterrâneas será um desafio.

    Segundo o preparador físico do grupo, José Said, o grupo está 100% preparado para o jogo de amanhã. “Por incrível que pareça, nós estamos treinando a mais de 40 dias e, durante todo esse tempo, nenhuma delas se contundiu. Todas suportaram as cargas de treinamento e

    percebemos que houve, inclusive, evolução nas partes técnica e física do grupo. Acredito que o grupo está totalmente preparado”.

    Neste ano, o time de Iranduba recebe o apoio do governo do Amazonas.