Fonte: OpenWeather

    OLD_spte


    Instrutores da CBF e da Fifa vêm a Manaus para curso técnico de arbitragem

    “É uma maneira de manter todo o nosso quadro atualizado”, disse o titular da Ceaf, Vladimir Bastos – foto: Amarildo Silva
     
     
     
    Os instrutores da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do quadro de arbitragem da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Márcio Vierri e Roberto Serati, virão a Manaus para ministrar um curso de preparação aos árbitros.
    A informação foi confirmada ontem pelo presidente da Comissão Estadual de Arbitragem de Futebol do Amazonas (Ceaf-AM), Vladimir Bastos. O curso será realizado de 13 a 15 de fevereiro.
    Segundo o dirigente, a arbitragem amazonense recebe a visita há quatro anos. “Desde 2008, nós, da comissão de arbitragem, os trazemos para ministrar esse treinamento. Queremos que os nossos árbitros recebam a mesma instrução que os do eixo Rio-São Paulo. E é uma maneira de manter todo o nosso quadro atualizado”, declarou, ao informar o conteúdo da reciclagem, que terá a parte teórica ensinada na Vila Olímpica.
    Ainda de acordo com Bastos, existem duas opções mais prováveis de local para o estudo do conteúdo prático: o estádio Roberto Simonsen (Sesi), na Zona Leste, ou o Centro de Treinamento 3B, no Centro.
    “As questões de posicionamento, deslocamento e todas as instruções que eles irão receber até os protocolos da Fifa serão passadas em um campo ainda não definido”, afirmou.
    Sem ‘papas na língua’, o mandatário confirmou que apesar da arbitragem ter sido duramente criticada durante a última temporada, o trabalho continuará sendo feito da maneira mais correta possível.
    “Sinceramente, eu acredito que estamos no caminho certo. Assisti a quase todos os jogos do ano passado e não vi a influência do arbitro nos resultados. É muito fácil transferir a falta de planejamento para o árbitro”, disse o dirigente, ao revelar que, ao término do curso, os professores assistirão à primeira rodada do Campeonato Amazonense Chevrolet 2013.
    Questionado sobre o atual nível da arbitragem amazonense, Vladimir Bastos declarou que a evolução é notória, diferentemente dos clubes locais.
    “Não vejo um clube no alto, nem perto de chegar. Já os nossos árbitros estão sempre apitando jogos nacionais. Como, por exemplo, Edmar Campos da Encarnação. Após a última temporada, ele subiu 32 posições no ranking nacional e, agora, ocupa a 16ª posição no quadro da CBF”, enfatizou. O árbitro citado apitou 14 jogos em 2012, entre eles, partidas válidas pela Copa do Brasil, séries B, C e D.