Fonte: OpenWeather

    OLD_spte


    Secretários não descartam possibilidade de ‘ação conjunta’ para Investir no esporte local

    Esporte local terá mais auxilio em 2013 – foto: divulgação

    Quarenta medalhas conquistadas em 2011, para 160 na última temporada, conquistados pelo esporte de alto rendimento do Estado. Um ‘salto’, que na opinião da titular da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer (Sejel), Alessandra Campelo, foi resultante de um trabalho focado em estimular a carreira esportiva de cada jovem.

    Para ela, é possível dizer que os paraatletas também vivem momento positivo, ao emplacarem cinco atletas para as seletivas para o Parapan (competição organizada pelo Comitê Paraolímpico Brasileiro).

    Para explicar o êxodo de grandes atletas que, apesar de terem a origem baré, decidem treinar fora do Estado (exemplo de Bianca Maia, Sandro Viana e José Aldo Jr.), Alessandra argumenta que trata-se de questões técnicas.

    Disposta a fazer um trabalho de fomentação do futebol com a população amazonense, já de olho no Mundial de 2014, a secretária Alessandra Campelo diz acreditar que uma parceria entre o governo do Estado e a iniciativa privada dve alavancar o futebol local.

    Já o atual secretário municipal de Juventude Esportes e Lazer, Fabrício Lima, disse acreditar que uma ação conjunta entre as secretarias municipal e estadual de esportes não está descartada.

    Fabrício também fala do esporte com um hábito inerente à rotina e consteta possível desvalorização do esporte local com a vinda de competição nacionais e internacionais a Manaus.

    Pódio: Hoje, onde está a Semdej nos preparativos para a Copa do Mundo?

    FL: Se tratando de Mundial, quero primeiro que o Brasil vença (risos). Mas na verdade, vamos receber essa quantidade de gente e para isso precisamos trabalhar. Os garçons precisam estar mais bem treinados, os taxistas também, pois vão transportar mais gente que o normal. O nosso artesanato será exposto. Precisamos deixar que os turistas que venham aqui, queiram voltar. O que posso dizer é que vamos fomentar o esporte.

    Pódio: Durante a sua primeira passagem na secretaria, Manaus sediou grandes eventos nacionais e até mesmo internacionais. Não gerou uma desvalorização dos eventos locais?

    FL: Pelo contrário. Com grandes eventos, trouxemos a atenção para o esporte. Ninguém nunca sonhou em ver a seleção brasileira de futsal sendo campeã sobre a Rússia em Manaus durante o primeiro grande evento esportivo internacional. O Estado e a prefeitura fizeram uma ação conjunta e a população abraçou.