Fonte: OpenWeather

    OLD_spte


    Naça comemora 100 anos de títulos

    Torcedores comemoraram centenário durante todo o domingo – foto: Joel Rosa
     
     
    O último fim de semana mexeu com a emoção dos torcedores do Nacional Futebol Clube. Neste domingo (13), o clube amazonense completou 100 anos de existência, número que convida a comemorações em grande estilo – e foi exatamente o que aconteceu.
     
    No sábado (12), os dirigentes e convidados brindaram o um século do clube em noite de gala que contou com presenças ilustres. Sem perder o ritmo de festa, ontem foi realizada uma carreata dos torcedores pelas ruas de Manaus que chamou atenção dos transeuntes pela demonstração de paixão pelo time.
     
    Cerca de 500 convidados estiveram presentes na festa de sábado à noite, dentre estes, nomes que fizeram história no nome do clube ao longo deste um século. Ex-jogador do Nacional, lenda do futebol brasileiro que participou da Copa do Mundo de 1970 ao lado de Pelé, Dario – o Dadá Maravilha – foi homenageado durante a ocasião.
     
    “Quando me trouxeram para cá, eu tinha 39 anos e ninguém acreditava mais no meu futebol. O Nacional acreditou e eu fiz vários gols. Me sinto muito honrado em estar aqui hoje. Parabéns, Nacional”, afirmou o ex-atacante.
     
    Jogador da equipe que calou o Maracanã em 1975, Sula afirmou que fez questão de prestigiar a celebração. “Não tinha como ficar fora, principalmente depois de tudo que fiz pelo clube e o clube por mim”, contou.
     
    A festa de sábado também marcou a transição da presidência do Nacional. O então dirigente Luís Mitoso entregou o posto para o presidente eleito Mário Cortez, que passa a comandar o clube pelos próximos dois anos. O momento marcado por lembranças dos melhores momentos do Naça, suas conquistas e orgulhos.
     
    O aniversário de 100 anos do Nacional foi agitado por Renato e Seus Blue Caps, banda integrante tradicional do movimento rock da Jovem Guarda. Em seguida, a banda Orion encerrou as comemorações oficiais em alto e bom som.
     
    Carreata apaixonada
    Ontem as movimentações pelo aniversário do Naça iniciaram às 10h, com a concentração da carreata organizada pela torcida em frente à sede do clube (Rua São Luís, bairro Adrianópolis – Zona Sul), dando a largada às 11h15. Aproximadamente 150 em 50 carros participaram da agitação.
     
    Os torcedores percorreram as principais ruas da cidade em polvorosa, dando demonstrações de amor pelo clube amazonense por onde passavam. De acordo com o presidente da Associação das Torcidas Organizadas do Nacional (Aton), Samir Abinader, o objetivo é levantar o nome do Nacional.