Fonte: OpenWeather

    OLD_spte


    Novo estádio na Zona Norte terá mesma capacidade que a Colina

    Estádio da Colina também passará por reformas para a Copa - foto: Alberto César Araújo
     
    A Unidade Gestora Municipal dos Projetos da Copa (UGM/Copa) reafirmou, nesta terça-feira (15), a construção de mais dois estádios de futebol na cidade e que, o que será construído na Zona Norte, terá a mesma capacidade do estádio Ismael Benigno, o estádio da Colina.
    Segundo o coordenador da UGM Copa, Bernardo Monteiro de Paula, os estádios serão construídos em uma ação conjunta da prefeitura e do governo do Estado e servirão de Centros de Treinamentos (CTs) durante o Mundial de 2014.
    "A ideia para a construção desses estádios é deixar um legado para a cidade, já que aquele que será construído na Zona Norte terá os padrões exigidos pela CBF e poderá receber jogos de campeonatos oficiais", afirma Monteiro.
    De acordo com a UGM Copa, o estádio construído na Zona Leste será um mini estádio, com capacidade para até 5 mil pessoas, enquanto o da Zona Norte terá espaço para, no mínimo, 10 mil.
    O coordenador da UGM/Copa também afirma que o local exato para a construção dos dois estádios está sob estudo. Não há previsão para o início das obras. A estimativa é que cada estrutura custe R$ 7 milhões.
     
    Colina começa reforma em fevereiro
    De responsabilidade do governo do Estado, por meio da Unidade Gestora da Copa (UGP-Copa), a reforma do estádio da Colina deve começar no próximo mês.
    A informação foi divulgada, ontem, pelo coordenador da UGP-Copa, Miguel Capobiango. Ele afirmou que o investimento de R$ 10 milhões para a reforma está em fase de licitação e que as obras devem estar finalizadas em dezembro deste ano.