>

    Fonte: OpenWeather

    Meio ambiente


    Governo do AM apresenta ações de combate ao desmatamento

    A prestação de contas governamental deu-se por ocasião da sétima reunião do Comitê do Plano de Prevenção e Combate ao Desmatamento e Queimadas do Amazonas (PPCDQ-AM), evento coordenado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema)

    Escrito por Em Tempo* no dia 28 de julho de 2021 - 20:44

     

    O ato do governador Wilson Lima, sobretudo,  demonstra com clareza aos órgãos de controle a seriedade com que o Governo do Estado enfrenta as investidas criminosas contra um dos maiores patrimônios da humanidade: a floresta amazônica.
    O ato do governador Wilson Lima, sobretudo, demonstra com clareza aos órgãos de controle a seriedade com que o Governo do Estado enfrenta as investidas criminosas contra um dos maiores patrimônios da humanidade: a floresta amazônica. | Foto: Divulgação


    Governo faz o dever de casa

    Com a devida transparência, o Governo do Amazonas encaminhou ao Ministério Público Federal (MPF) e ao Ministério Público de Contas (MPC) importante documento contendo todas as suas ações de combate ao desmatamento e queimadas durante o primeiro semestre de 2021. 

    O ato do governador Wilson Lima, sobretudo,  demonstra com clareza aos órgãos de controle a seriedade com que o Governo do Estado enfrenta as investidas criminosas contra um dos maiores patrimônios da humanidade: a floresta amazônica.

    A prestação de contas governamental deu-se por ocasião da sétima reunião do Comitê do Plano de Prevenção e Combate ao Desmatamento e Queimadas do Amazonas (PPCDQ-AM), evento coordenado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e que teve a presença de representantes de órgãos federais, estaduais e municipais, além de entidades da Sociedade Civil e membros da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ).

    Como uma andorinha sozinha jamais fará bom verão, o titular da Sema, Eduardo Taveira, representando Wilson Lima no evento, enfatizou a relevância da adesão do Amazonas à  Garantia da Lei e da Ordem (GLO), deixando claro que o apoio de forças federais, cada vez mais ostensivo, será chave para ajudar o Governo Estadual a combater os crimes ambientais. 

    Verdade que nos primeiros meses do ano, o Amazonas registrou alta no desmatamento e redução nos registros de focos de queimadas. Para o segundo semestre, há a perspectiva de evolução positiva nos números pertinentes principalmente à diminuição das queimadas. Mas, tudo depende da parceria com o Governo Federal.

    Direita aposta nas articulações de Ciro para alavancar reeleição de Jair Bolsonaro em 2022 

    No Amazonas, os grupos de direita conservadora manifestam otimismo com a entrada do senador Ciro Nogueira (PP-PP) na Casa Civil e no jogo das articulações que ele poderá empreender visando a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas eleições do próximo ano.

    Ciro desembarcou no governo com a missão de manter unido o Centrão, conter a CPI da Pandemia  e frear o clima de impeachment no Congresso Nacional, melhorando a popularidade do presidente e pavimentar sua caminhada à reeleição.

    Sem partido, Bolsonaro negocia a filiação ao Progressistas e quer contar com a estrutura da sigla PP, forte no Nordeste, em sua luta por mais um mandato no Palácio do Planalto.

    Presidente pragmático

    Em declaração à coluna, o principal articulador dos grupos bolsonaristas no Amazonas, Coronel Menezes (Patriota), disse que “o presidente Bolsonaro está sendo pragmático e buscando melhor diálogo com o Senado e também com a Câmara”. 

    Conforme ele, apesar do voto popular, para poder governar no sistema presidencialista, Bolsonaro precisa do Congresso para fazer avançar reformas e promover o desenvolvimento do país.

    “Consequentemente, é necessário manter um bom relacionamento com os parlamentares e criar um ambiente que seja favorável para que o país possa seguir em frente, com governabilidade garantida ao presidente”, comentou Menezes.

    Diálogo melhor

    Coronel Menezes considera que a presença do senador Ciro Nogueira na Casa Civil “tem exatamente essa finalidade, melhorar o diálogo com o Senado, com o Congresso”.

    Ex-candidato a prefeito de Manaus, o militar deverá ser um dos valetes de ouro de Bolsonaro na campanha eleitoral do próximo ano. 

    Praça Nestor Nascimento  

    O procurador-geral do Município, advogado Marco Aurélio Choy, informou ontem que a Prefeitura de Manaus enviará à Câmara Municipal de Manaus projeto de lei que revogará o nome do ventríloquo Oscarino Farias, criador do boneco Peteleco, de uma praça situada no cruzamento da Avenida Japurá com a Rua Afonso Pena, no bairro Praça  14 de Janeiro.

    Segundo o procurador, o projeto manterá o nome do jornalista e ativista negro Nestor Nascimento na praça, atendendo ao movimento negro amazonense que se indignou com a substituição do nome de Nestor pelo de Oscarino.

    O envio do PL à CMM foi decidida após reunião de Choy, na manhã de ontem, com líderes negros de Manaus.

    Nova homenagem 

    Conforme Marco Choy, a Prefeitura vai buscar uma nova forma de homenagear Oscarino Peteleco por sua importância histórica e cultural no Estado do Amazonas.

    Nas décadas de 50 e 60, o ventríloquo foi uma das maiores referências da cultura popular do Estado com as apresentações do boneco Peteleco.

    Fórum de Governadores

    Acontecerá, a partir das 17 horas desta quinta-feira (29), um encontro virtual entre o Fórum dos Governadores brasileiros e o representante da Casa Branca para o clima, John Kerry.

    Na pauta, o conteúdo da carta enviada pelos governadores em abril passado ao presidente norte-americano Joe Biden defendendo o equilíbrio climático e parcerias verdes com os Estados Unidos.

    Participam do evento os governadores Wellington Dias (PT-PI), Renato Casagrande (PSB-ES), João Doria (PSDB-SP), Eduardo Leite (PSDB-RS), Reinaldo Azambuja (PSDB-MS) e Flávio Dino (PSB-MA).

    Economia verde

    A carta dos governadores a Biden, da qual o amazonense Wilson Lima é signatário, enfatiza “o equilíbrio climático, a redução de desigualdades, a regeneração ambiental, o desenvolvimento de cadeias econômicas verdes e o estímulo à adoção de tecnologias para reduzir as emissões de atividades econômicas tradicionais nas Américas”.

    O documento, segundo John Kerry, foi bem recebido por Joe Biden, que teme pelo desaparecimento da Amazônia caso não haja uma política de estreita ação com o Brasil em defesa do desenvolvimento econômico da região com base em projetos verdes, sem ameaças ao meio ambiente.

    BR de impasses

    O Ibama tem dez dias para responder ao Ministério Público Federal no Amazonas (MPF-AM) se vai ou não obedecer a recomendação contra a realização de audiências públicas sobre o mais recente Relatório de Impacto Ambiental (EIA/RIMA) referente ao polêmico trecho do meio da BR-319.

    O procurador Rafael da Silva Rocha,MPF não explica sua atitude e ameaça com  medidas judiciais o diretor de licenciamento ambiental do Ibama, Jônatas Souza da Trindade, caso ele não cumpra a recomendação.

    Em Novo Airão

    A deputada estadual licenciada e atual secretária de Estado da Assistência Social, Alessandra Campêlo, cumpre agenda na manhã desta quinta-feira em Novo Airão. 

    A parlamentar terá como anfitriões o prefeito Frederico Júnior e a secretária municipal de Assistência Social e Cidadania, Márcia Teixeira da Silveira, em programação que marca o mês da primeira infância para as famílias acompanhadas pelo Programa Criança Feliz, iniciativa dos governos Federal e Estadual. 

    O município já foi beneficiado este ano pelo Governo do Amazonas, via Seas, com cestas básicas e pelo programa 

    Auxílio Enchente 

    A secretária de Administração e Gestão do Amazonas, Inês Simonetti, distribuiu nota informando o seu desligamento do cargo para se dedicar exclusivamente à campanha do marido, advogado José Alberto Ribeiro Simonetti (Beto Simonetti) à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

    Inês esclarece que sua decisão é pessoal, com  o objetivo de fortalecer a campanha de Beto, atualmente exercendo o cargo de secretário-geral da OAB nacional e maior favorito para vencer a disputa eleitoral pelo comando da entidade.

    Morte de Giannotti

    Em nota à coluna, o cientista político Carlos Santiago lamentou a morte de um dos grandes nomes da filosofia brasileira em todos os tempos, o professor emérito da Universidade de São Paulo (USP), José Arthur Giannotti, aos 91 anos.

    “Num país das paixões ideológicas cegas e da falta de lucidez para entender o Brasil e buscar soluções para os problemas nacionais, o falecimento do filósofo Arthur Giannotti é uma desesperança pra quem ainda sonha com um país justo. Um filósofo que tinha a dimensão e a importância do Brasil no mundo. Pensava e agia como poucos pensadores”, disse Santiago.

    Giannotti ajudou a fundar o Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), entidade de estudos sociais e de formulação de políticas surgida em 1969. 

    Carta ao MPF

    O enfraquecimento da “Força-Tarefa Amazônia”, que ajudou a agravar a escalada dos crimes ambientais na região, embasa uma carta assinada por 54 organizações civis e enviada à Procuradoria-Geral da República (PGR) e ao Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF).

    Na carta, entidades como Transparência Internacional, Human Rights Watch (HRW), Conectas Direitos Humanos, Instituto Igarapé, Imazon e Instituto Socioambiental exigem maior rigor nas ações de luta contra os crimes e a degradação da Amazônia.

    “Casa do TCE” 

    Proposta inserida no plano “Nosso Centro”, do prefeito David Almeida, o projeto “Casa do TCE – Século 22” será levado ao conhecimento da população de Manaus no próximo mês de outubro.

    O projeto oferecerá novo espaço de conhecimento, pesquisa, promoção de estudos e aperfeiçoamento por meio de parceria entre a Prefeitura de Manaus e o TCE-AM.

    Leia mais:

    Com legislativo inerte, amazonenses não alcançam Olimpíadas

    Ministério Público denuncia vereador que ameaçou servidor no Amazonas

    Ciro Nogueira aceita convite de presidente para chefiar Casa Civil

    Campanha Amazonpedia