>

    Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Estudo aponta eficiência de CoronaVac para casos graves de Covid-19

    Conforme o estudo, entre os que tomaram duas doses da CoronaVac, 72,6% possuem menos risco de hospitalização

    Escrito por Marcella Fernandes no dia 30 de agosto de 2021 - 20:21

     

    O estudo é de das universidades federais da Bahia e de Ouro Preto, da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e da London School of Hygiene & Tropical Medicine e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
    O estudo é de das universidades federais da Bahia e de Ouro Preto, da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e da London School of Hygiene & Tropical Medicine e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). | Foto: Divulgação


    Estudo científico, feito por diversos especialistas, aponta a efetividade das vacinas CoronaVac e AstraZeneca para prevenir casos graves de Covid-19, hospitalizações, admissão em UTIs e mortes.

    O estudo é de das universidades federais da Bahia e de Ouro Preto, da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e da London School of Hygiene & Tropical Medicine e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

    A AstraZeneca foi usada no último mutirão de imunização realizada pelo Governo do Amazonas em parceria com a Prefeitura de Manaus.

    Riscos menores

    Conforme o estudo, entre os que tomaram duas doses da CoronaVac, 54,2% apresentaram risco menor de infecção pelo novo coronavírus, 72,6% menos risco de hospitalização, 74,2% menos risco de admissão na UTI, e 74% menos risco de morte.

    Com a AstraZeneca, os que completaram a imunização com duas doses apresentaram 70% menos risco de infecção, 86,8% menos risco de internação, 88,1% menos risco de admissão na UTI e 90,2% menos risco de morte. 

    Programa humanitário

    A primeira-dama do Estado do Amazonas e madrinha do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Taiana Lima, foi uma das estrelas da solenidade alusiva ao Dia Nacional do Voluntariado, realizada na quinta-feira (27), em Brasília.

    O evento, em que foram compartilhados ações, resultados e novidades do programa Pátria Voluntária, teve a participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, da presidente do Conselho do programa, Michelle Bolsonaro, além da secretária executiva do Pátria Voluntária, Adriana Pinheiro, do ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e da presidente da Fundação Banco do Brasil, Eveline Susin.

    “Ser voluntário requer disposição e amor ao próximo, são pessoas que merecem reconhecimento por abraçarem a causa da solidariedade de maneira espontânea”, disse Taiana acerca do programa.

    Do concorrido evento ocorrido no Palácio do Planalto participaram também deputados, senadores, ministros de Estado, conselheiros do Programa Pátria Voluntária e membros da Aliança pelo Voluntariado, parceiros, Organizações da Sociedade Civil e de servidores do Pátria Voluntária e da Casa Civil.

    A performance de Taiana no programa é mais do que exemplar e a prova está no recebimento do prêmio Amigos do Pátria Voluntária, que colocou o Amazonas no 7º lugar no ranking do programa, com atendimentos de apoio às Organizações da Sociedade Civil (OSCs). 

    Juntamente com 50 instituições inscritas no Pátria Voluntária, Taiana Lima fortalece cada vez mais as atividades do FPS incentivando projetos autossustentáveis, promovendo a geração de emprego, renda e inclusão social que garantem os direitos dos idosos, crianças, adolescentes, pessoas com deficiência e pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica.

    Evangélicos participarão em peso dos atos de 7 de setembro em favor do presidente Bolsonaro

    Líderes como Renê Terra Nova (M12) e Samuel Câmara estão se movimentando intensamente para garantir maciça participação das igrejas evangélicas nos atos programados para 7 de setembro em favor do presidente Jair Bolsonaro.

    Segundo o jornal Estado de São Paulo, além de Renê e Samuel, os líderes Cláudio Duarte (Projeto Recomeçar), César Augusto (Fonte da Vida), Silas Malafaia (Vitória em Cristo) e Estevam Hernandes (Renascer em Cristo) usam vídeos no Whatsapp para sensibilizar e mobilizar os fiéis.

    Malafaia otimista

    "Nunca vi uma mobilização de evangélicos como dessa vez. É grande o movimento, de norte a sul, de leste a oeste, de tudo o que é igreja", afirmou o pastor Silas Malafaia ao Estadão.

    Ele é um dos líderes mais empenhados na mobilização pró-Bolsonaro. O outro é o pastor Claudio Duarte, que comanda 6 milhões de seguidores no Instagram.

    Parceria internacional

    Um termo de cooperação, assinado pelo prefeito David Almeida com o embaixador de El Salvador, Victor Manuel Pizzati, ampliará a parceria econômica e turística de Manaus com San Salvador, capital de El Salvador, na América Central. 

    Assinado no Palácio Rio Branco, o termo promoverá o intercâmbio com foco nas artes, gastronomia e a medicina tradicional. "Vamos fazer com que essas duas cidades, em países diferentes, possam estar integradas. Além do turismo, vamos destacar as questões cultural, tecnológica e educacional”, diz David. 

    Certame do TCE 

    De acordo com o conselheiro-presidente Mário de Mello, o TCE-AM divulgará, no máximo até 15 de setembro, o resultado do seu recente certame que disponibiliza 40 vagas, com salários de R$ 8,3 mil. Resultados das provas objetivas devem ser divulgados até 15 de setembro.

    Das 40 vagas, 18 são para a área de Auditoria Governamental, 15 para Auditoria de Tecnologia da Informação, cinco para Auditoria de Obras Públicas, e duas para o Ministério Público de Contas. A carga horária de trabalho semanal é de 30 horas.

    Gabarito preliminar

    Até o próximo dia 15 o TCE também divulgará as respostas aos recursos interpostos contra o gabarito preliminar e contra a aplicação das provas, bem como a Corte publicará o gabarito definitivo da prova objetiva. 

    Todas as publicações devem ser realizadas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), banca realizadora do certame, pelo endereço https://conhecimento.fgv.br/concursos/tceam21/02.

    Mais grana ao social

    A secretária estadual de Assistência Social, Alessandra Campêlo, cumpriu agenda de trabalho  ontem em Brasília, onde participou de reunião na Secretaria Nacional de Assistência Social (SNAS), vinculada ao Ministério da Cidadania. 

    A missão foi articular a liberação de recursos federais que estão travados para que o Amazonas avance nas políticas públicas da área social, trazendo novos benefícios e ampliando o atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade.

    Síndrome preocupa

    Segundo a Vigilância em Saúde do Amazonas, chegam a 33 os casos da síndrome de rabdomiólise no Estado. Além de Itacoatiara, onde houve um óbito, as cidades de Manaus, Caapiranga e Autazes registraram casos da doença provocada pela ingestão de peixes.

    O diretor-presidente da FVS-RCP, Cristiano Fernandes, informou que a investigação epidemiológica prossegue, não havendo ainda consenso no meio científico sobre a toxina que contamina os pescados. 

    Amparo a PCD’s

    Projeto de lei de autoria do deputado estadual Álvaro Campelo (Progressistas), em tramitação na Assembleia Legislativa, determina implantação do serviço de estimulação precoce para crianças com necessidades educativas especiais no Estado.

    O PL foi o destaque da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, celebrada de 21 a 27 de agosto, e deverá ser votado em breve. 

    Se passar, será mais uma conquista da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência, presidida por Álvaro, também autor do PL, já aprovado pela Aleam, que torna permanente o laudo médico-pericial que atesta Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) no Amazonas.

    PIX seguro

    Para acabar com a insegurança e a onda de sequestros-relâmpagos no país, o Banco Central divulgou várias mudanças referentes às operações do PIX.

    Entre as mudanças, o BC estabeleceu o limite de R$ 1.000 para operações entre pessoas físicas entre às 20 horas e às 6 horas.

    Transações limitadas 

    Outra alteração importante do BC se dá nos aumentos de limites de transações. As novas diretrizes preveem um prazo mínimo de 24 horas e máximo de 48 horas para efetivar pedidos feitos pelos usuários em canais digitais.

    Além do Pix, as transferências intrabancárias, cartões de débito e liquidação de TEDs também estarão sujeitas às novas regras.

    “Tribunal do crime”

    Dois membros do chamado “tribunal do crime”, de Manaquiri, foram denunciados pela prática de tortura pelo Ministério Público do Amazonas (MPAM). 

    A denúncia é do promotor de Justiça, Flávio Siqueira, da Promotoria de Justiça de Manaquiri, segundo o qual os criminosos estão envolvidos com o narcotráfico.

    Ele pediu a multa mínima de R$ 10 mil para cada ato de tortura.

    Leia mais:

    PGR defende prisão domiciliar para Roberto Jefferson

    Bolsonaro diz ter 3 opções de futuro: 'Ser preso, morto ou a vitória'

    Sem políticas públicas, crise hídrica pesará no bolso do consumidor

    Campanha Amazonpedia