>

    Fonte: OpenWeather

    Saúde dental


    Por que o limão pode prejudicar a saúde dos dentes?

    Fonte de vitaminas, fibras e minerais, essa fruta fortalece o sistema imunológico, ajuda em dietas de emagrecimento, na digestão, dentre outros benefícios

    Escrito por Djana Oliveira no dia 25 de junho de 2021 - 08:00

     

    Sensibilidade, dentes desgastados e amarelados são alguns sintomas da erosão dental
    Sensibilidade, dentes desgastados e amarelados são alguns sintomas da erosão dental | Foto: Divulgação


    Sempre que falamos em dietas, ouvimos falar dos benefícios das frutas cítricas. Fala-se muito do limão, inclusive do seu consumo em jejum. Fonte de vitaminas, fibras e minerais, essa fruta fortalece o sistema imunológico, ajuda em dietas de emagrecimento, na digestão, dentre outros benefícios. Mas por que o limão pode prejudicar a saúde dos dentes?

    Devido seu alto nível de acidez, o limão pode desgastar o esmalte dos dentes. Um estudo feito pela Universidade King’s Collage, em Londres, e publicada no periódico científico British Dental Journal, analisou a dieta de 300 pessoas que tinham desgaste erosivo severo nos dentes. Aquelas que bebiam água com uma fatia de limão duas vezes ao dia, entre as refeições, tinham 11 vezes mais probabilidade de ter erosão dentária moderada ou severa.

    E esse número caiu pela metade quando as bebidas eram ingeridas durante a refeição, pois a saliva produzida durante a mastigação atua para neutralizar o Ph da boca, no entanto ela demora mais ou menos uma hora para equilibrar a acidez do suco de limão.

      Mas afinal, o que é erosão dentária? É a perda progressiva do revestimento dental (esmalte) por processos químicos que não envolvem ação bacteriana, como a acidez dos alimentos e bebidas. Os principais alimentos que danificam o esmalte dos dentes são: refrigerantes, suco de limão, vinagre, uvas, maçãs, laranja, tomates,entre outros. Os principais sintomas da erosão dental são:  


    - Sensibilidade: à medida que o esmalte e a dentina se desgastam e se tornam mais expostos ao meio bucal, ocasionalmente pode-se sentir dor ao consumir bebidas geladas, quentes ou doces;

    - Dentes desgastados: borda dos dentes mais arredondadas e superfície áspera;

    - Dentes mais amarelados: devido à exposição da dentina (diretamente ou pelo esmalte ter se tornado mais fino).

    Então devemos deixar de ingerir esses alimentos? Não! Apenas ter cuidados extras com os dentes, como:

    - Usar canudos para reduzir o contato dos sucos ácidos com os dentes;

    - Escovar os dentes com escovas de cerdas macias e sem aplicar muita força;

    - Escolher cremes dentais com flúor para haver a remineralização do esmalte;

    - Evitar alimentos excessivamente ácidos antes de dormir, pois ao deitarmos produzimos menos saliva

    - Consumir água com limão, preferencialmente, após o almoço ou jantar, pois o Ph da saliva está mais neutro, causando menos danos aos dentes.

    -Evite escovar os dentes imediatamente após a ingestão de alimentos ácidos. Aguarde pelo menos uma hora para realizar a higiene bucal.


    Leia Mais:

    O papel do flúor na saúde bucal

    Odontofobia: causas, consequências e como superá-la

    Como realizar tratamento odontológico em pacientes autistas