>

    Fonte: OpenWeather

    Contexto


    CONTEXTO: Entidades temem pelo ENEM, luta por Bolsonaro e mais

    Entidades como a Educafro, a União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) e a Campanha Nacional pelo Direito à Educação estão preocupadas com a realização das provas do Enem programadas para domingo

    Escrito por Em Tempo* no dia 18 de novembro de 2021 - 20:57

     

     

    | Foto: Divulgação

    Entidades temem pelo Enem e exigem substituição do presidente do Inep 

    Entidades como a Educafro, a União Brasileira de Estudantes Secundaristas (Ubes) e a Campanha Nacional pelo Direito à Educação estão preocupadas com a realização das provas do Enem programadas para domingo (21) e exigem o afastamento imediato do presidente do Inep, Danilo Dupas.

    Para que o Exame não corra risco, as entidades pedem a nomeação imediata de um funcionário de carreira como interventor na autarquia até que o Exame seja encerrado.

    Dupas estaria envolvido com irregularidades graves denunciadas em reportagem do Fantástico da Rede Globo no domingo passado. Um servidor relatou que Dupas estaria implicado na retirada de 20 questões da primeira versão da prova por razões ideológicas.

    Luta por Bolsonaro 

    Em seu esforço para filiar o presidente Jair Bolsonaro ainda neste mês de novembro, a cúpula do Partido Liberal (PL) vai desfazer um acordo com o PSDB em que apoiaria o atual vice-governador paulista, Rodrigo Garcia, na disputa pelo governo de São Paulo no próximo ano.

    O rompimento do acordo pesará na balança para que o presidente se defina pela legenda liberal nos próximos dias.

    Aguardando o jogo

     No Amazonas, as bases bolsonaristas aguardam a definição de Bolsonaro em relação ao PL para também definirem rumos visando as eleições de 2022.

    Os deputados Delegado Pablo e Delegado Péricles, ambos do PSL, esperam a definição para anunciarem oficialmente seus novos caminhos, visto que não concordam com a decisão do União Brasil, que fundiu PSL/DEM, de não apoiar nem Bolsonaro nem Lula na corrida presidencial vindoura.

    Os dois parlamentares dizem apoiar Bolsonaro de forma incondicional.

    Luiz Fux em Manaus 

    Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o ministro Luiz Fux visita Manaus mais uma vez nesta sexta-feira (19).

    Em solenidade na sede do Tribunal de Justiça do Amazonas, ele prestigiará a adesão do TJAM ao Programa “Justiça 4.0 – Inovação e efetividade na realização da Justiça para todos”.

    O programa busca promover o acesso à Justiça por meio de ações e projetos desenvolvidos para o uso colaborativo de produtos que empregam novas tecnologias e inteligência artificial.

    Conforme o CNJ, a Justiça Digital propicia o diálogo entre o real e o digital para o incremento da governança, da transparência e da eficiência do Poder Judiciário, com efetiva aproximação com o cidadão e redução de despesas.

    Wilson investe 

    Convênios assinados pelo governador Wilson Lima garantirão investimentos da ordem de R$ 25 milhões em sete municípios: Eirunepé, Guajará, Ipixuna, Novo Airão,  Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira e Tapauá

    A maior parcela, de R$ 23,136 milhões, será para obras de infraestrutura e aquisição de materiais permanentes para escolas. 

    Grande parte dos recursos é resultado de emendas parlamentares de autoria dos deputados Dr. Gomes (PSC), Cabo Maciel (PL) e Ângelus Figueira (DC).

    Detran Cidadão

    O governador Wilson Lima lançou, na quarta-feira (17), o programa Detran Cidadão, que deve alcançar mais de 300 mil pessoas de baixa renda, até 2023, com benefícios como a emissão gratuita da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e isenção de taxas para cursos do órgão voltados a mototaxitas e motofretistas. 

    Por meio do programa, também serão entregues 40 mil capacetes e coletes e oferecidos cursos de legislação do trânsito em escolas.

    Informações e inscrições sobre os projetos podem ser acessadas no site: detrancidadao.am.gov.br. O programa também alcança os municípios de Coari e Tefé, no Médio Solimões.

    Amazônia no foco

    Nos próximos dias 24, 25 e 26 de novembro acontecerá em Manaus o XII Encontro das Entidades de Economistas da Amazônia Legal (Enam). 

    Com o tema “O desenvolvimento regional sustentável por economistas amazônidas”, o evento reunirá, de forma híbrida, profissionais da área da economia, consultores, professores, empresários e estudantes.

    Os debates envolverão os impactos da atual crise econômica nacional, sobretudo, diante de dois anos de pandemia da Covid-19, que abalou e parou o mundo, e os projetos e ações que podem ser viabilizados para desenvolver os estados da Amazônia.

    Potencialidades

    Para o presidente do Conselho Regional de Economia (Corecon-AM), Martinho Azevedo, entidade organizadora e anfitriã do Enam, é urgente que economistas ampliem o diálogo sobre experiências, projetos e ações que governos e iniciativa privada empreendem visando o desenvolvimento regional sustentável. 

    Nos três dias de Enam, com o apoio dos demais Conselhos de Economia da região, serão debatidos oito subtemas de grande importância para a Amazônia: desenvolvimento regional, sustentabilidade, agenda 2030, potencialidades regionais, cadeias produtivas, bioeconomia e biotecnologia, vulnerabilidades socioeconômicas regionais e pandemia da Covid-19.

    Vagas na SSP

    O deputado Adjuto Afonso (PDT) pediu a inserção de um pólo na Calha do Púrus para a realização do concurso público a ser promovido pelo Governo do Estado para provimento de vagas na Secretária de Estado de Segurança Pública (SSP), Corpo de Bombeiros, além da Polícia Civil e Militar do Amazonas.

    Adjuto avaliou o edital e constatou a ausência de um pólo na região do Púrus, e ressaltou a dificuldade de logística.

    O concurso está oferecendo mais de 2,5 mil vagas, sendo 1.350 destinadas à Polícia Militar.

    Suframa 

    Ouvidos pela coluna, cinco deputados federais do Amazonas disseram nada saber sobre a suposta substituição do general Algacir Polsin pela subsecretária de Supervisão e Estratégia do Ministério da Economia, Luiza de Amorim Motta Deusdará.

    O vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), diz desconhecer a boataria e destaca que a Suframa está em boas mãos, muito bem comandada por Polsin cujos atos são elogiados por políticos e lideranças empresariais do PIM.

    Na quarta-feira (17), o deputado Serafim Corrêa (PSB) também defendeu Polsin em discurso na Assembleia Legislativa.

    Parque Rosa Almeida

    Por falar em Serafim Corrêa (PSB), ele vai destinar, por meio de emenda impositiva, R$ 5 milhões para o projeto do Memorial Encontro das Águas, agora denominado Memorial Encontro das Águas Parque Rosa Almeida.

    O Memorial é uma velha paixão do parlamentar que remonta ao tempo em que ele administrou a cidade de Manaus entre 2005 e 2008.

    Comenda Zumbi

    Vários parlamentares petistas, dentre os quais os deputados federal Zé Ricardo (PT/AM) e Paulão (PT/AL), apresentaram Projeto de Resolução à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados que cria a Comenda Zumbi dos Palmares.

    A comenda contemplará homens e mulheres que tenham contribuído na luta em defesa dos direitos humanos dos negros, na luta antirracista e na promoção da igualdade racial no Brasil.

    Conforme o IBGE, os negros formam a maioria da população brasileira, totalizando 56,10% do contingente. Mas, mesmo assim, chega a 75,7% o índice de violência letal intencional contra os negros.

    Castro reaparece

    Ex-deputado estadual e ex-comandante da Seduc, o advogado Luiz Castro está de volta à disputa eleitoral.

    Ele será o candidato da Rede Sustentabilidade ao Senado nas eleições de 2022. Na batalha de votos de 2018, disputou o mesmo cargo, obtendo 577.452 votos, ficando atrás de Plínio Valério (PSDB) e Eduardo Braga (MDB).

    Deputado pode sair

    As recentes eleições para o TCE-AM causaram entreveros no MDB que poderão resultar na saída do deputado estadual Fausto Júnior da sigla.

    Fontes asseguram que o parlamentar teria ficado magoado com a falta de apoio do partido à pretensão da conselheira Yara Lins, mãe de Fausto, que lutava pelo comando da Corte, mas teve que se conformar com o cargo de vice-presidente.

    Leia mais:

    CONTEXTO: Eleições no TCE, reajuste ao MP-AM e mais

    CONTEXTO: Novo presidente do TCE, Disputa na OAB e mais

    EDITORIAL: A Campanha Novembro Azul

    Campanha Amazonpedia