>

    Fonte: OpenWeather

    contexto


    CONTEXTO: Governo retoma entrega de auxílio, retomada geral e mais

    Confira a coluna Contexto desta segunda-feira (29)

    Escrito por Em Tempo* no dia 29 de novembro de 2021 - 19:12

     

    | Foto: Divulgação

    Governo retoma entrega dos cartões do Auxílio Emergencial  em Coari nesta terça-feira

    Após decisão judicial favorável, o Governo do Estado retoma, nesta terça-feira (30), a entrega dos cartões do Auxílio Estadual permanente e de cestas básicas a famílias consideradas em situação de vulnerabilidade social no município de Coari.

    A entrega estava suspensa devido à campanha eleitoral que acontece no município, mas, no último final de semana, a Procuradoria Geral do Estado (PGE) conseguiu reverter a situação junto ao Tribunal Regional Eleitoral TRE-AM.

    O desembargador eleitoral Kon Tshig Wang derrubou a suspensão reconhecendo a legalidade das entregas tendo em vista a vigência do Estado de Calamidade Pública no Amazonas, avalizado pela Assembleia Legislativa do Estado e com prazo de 90 dias, a contar do dia 27 de setembro de 2021. 

    Retomada geral

    Ontem, o governador Wilson Lima retomou a entrega dos cartões do Auxílio Estadual permanente contemplando os municípios das calhas do Baixo e Médio Amazonas. 

    Em Manaus, será iniciado um novo sistema de entrega a partir de amanhã, com a busca ativa dos beneficiários que ainda não fizeram a retirada do cartão.

    Foram seis municípios beneficiados com as entregas: Barreirinha, São Sebastião do Uatumã, Nhamundá, Boa Vista do Ramos, Urucará e Urucurituba, onde foram distribuídos mais de 9,5 mil cartões.

    Mais Inclusão

    O Governo do Estado, por meio da Sejusc, distribuiu mais de 250 cadeiras de rodas ao lançar, ontem, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCAVV), o programa Amazonas mais Inclusão para levar acessibilidade às Pessoas com Deficiência (PcDs). 

    Presente ao evento, a primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima, destacou o programa de R$ 5 milhões que vai proporcionar aos PcDs e seus familiares a prática da habilitação e reabilitação da vida comunitária, acesso à cidadania e direitos sociais a partir das intervenções interdisciplinares.

    Dragas destruídas

    No sábado (27) e no domingo (28), uma forte operação realizada conjuntamente pela Polícia Federal, Marinha, Aeronáutica e Ibama destruiu 131 dragas de garimpeiros no Rio Madeira, nas proximidades de Autazes. 

    A Operação Uiara destruiu 69 no sábado e 62 no domingo e apreendeu garimpeiros portando quantidades de ouro e mercúrio. 

    Operação em paz

    Segundo o superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Leandro Almada, não houve registros de violência ou uso de armas de fogo durante a operação.

    “Nossa avaliação é de que o resultado já foi alcançado. Chegou a ser melhor do que esperávamos, principalmente após aquele primeiro movimento de evasão. O trabalho acabou avançando em uma área até maior do que imaginávamos. Mas é claro que, se vierem de novo, haverá nova operação”, comentou Leandro.

    Aplausos nas redes

    No Twitter, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, comemorou a operação da PF no sábado.

    “Operação planejada rápida, e executada eficientemente. Somente hoje (27), a @policiafederal e o @brasil_IBAMA já destruíram 69 balsas em mineração ilegal na Amazônia”, escreveu o ministro.

     “Parabéns pela ação”, tuitou o presidente Jair Bolsonaro, destacando a ação federal.

    Governo atento 

    O vice-presidente Hamilton Mourão elogiou a Operação Uiara e disse que o Governo Federal se manterá vigilante para não permitir nova invasão em massa de garimpeiros entre os municípios de Autazes e Nova Olinda do Norte, onde sabidamente existe ouro. 

    Ontem agentes da PF recolheram amostras de cabelos de moradores da região para verificar possível contaminação por mercúrio.

    Prefeitura socorre

    Apesar dos crimes cometidos contra o município, a Prefeitura de Autazes acolheu as famílias de garimpeiros que tiveram as balsas queimadas pela Polícia Federal no fim de semana.

    O prefeito Andreson Cavalcante (PSC), por meio da sua Secretaria de Assistência Social, assistiu 70 famílias em Rosarinho e já providenciou o retorno delas ao seu município de origem, Manicoré.

    Dia de Bolsonaro

    O principal ato das cerimônias referentes ao “Dia do Evangélico”, comemorado nesta terça-feira, será a filiação do presidente Jair Bolsonaro ao Partido Liberal (PL).

    Mantida em sigilo, a programação do evento deverá ser marcada pelo comparecimento de grandes grupos evangélicos especialmente convidados para o ato que acontecerá em Brasília em um dia de feriado local.

    Lupi com Castro

    Fontes do PDT informaram à coluna que o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, visitará Manaus mais uma vez no próximo final de semana.

    A pauta será a eleição de 2022 focando a possibilidade de uma candidatura feminina ao Governo do Estado e a filiação do ex-deputado estadual Luiz Castro, que poderá ser a alternativa pedetista para o Senado.

    Campêlo estreia

    O engenheiro civil Marcellus Campêlo estreou ontem a coluna Nossa Cidade, na Rádio Onda Digital. 

    Em bate papo com a jornalista Tatiana Sobreira, o coordenador executivo da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE)  apresentará, sempre às segundas e quartas-feiras, das 10h às 10h15, temas relacionados às cidades e a melhoria da qualidade de vida da população. 

    Na estreia, Campêlo mostrou que o custo para se garantir água potável e tratamento de esgoto é sempre muito menor do que o retorno que propicia às cidades.

    Esgoto tratado

    Especialista em saneamento básico, Campêlo está à frente do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+). Recentemente, sob sua coordenação, o Governo do Amazonas entregou uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no Educandos, que não apenas coleta, mas trata os resíduos de sete bairros na Zona Sul. Outra entrega recente do programa foi em Maués, que saiu de zero para 52% de esgoto tratado.

    Carta da Amazônia

    Após três dias de realização do XII Encontro dos Economistas da Amazônia Legal (Enam), o Conselho Regional de Economia (Corecon-AM) vai divulgar a Carta dos Economistas da Amazônia, reforçando seus compromissos com o desenvolvimento sustentável da região.

    No evento, mais de 250 economistas de diversos estados debateram desenvolvimento regional, sustentabilidade, agenda 2030, potencialidades regionais, cadeias produtivas, bioeconomia e biotecnologia, vulnerabilidades socioeconômicas regionais e pandemia de Covid-19.

    Risco global

    A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou alerta geral sobre o alto risco da variante ômicron, detectada na África do Sul.

    Em documento enviado aos governos, a entidade afirma preocupação com a forte capacidade de transmissibilidade da variante e do escape imunológico das vacinas existentes. 

    Conforme a OMS, um novo pico da pandemia viral teria “consequências graves”, embora com  menos índices de mortes.  Até o momento, 103 países não conseguiram vacinar 40% das suas populações.

    Leia mais:

    Uma vez Flamengo, sempre Flamengo

    CONTEXTO: Fieam repudia garimpeiros, confiança na PF e mais

    EDITORIAL: A Repressão em defesa do Madeira

    Campanha Amazonpedia