>

    Fonte: OpenWeather

    contexto


    CONTEXTO: TRE fortalece segurança em Coari, receita milionária e mais

    Além da Polícia Militar, as forças nacionais de segurança, incluindo o Exército e a Marinha, serão responsáveis pela ordem pública na corrida às urnas que ocorre, no domingo (5), em Coari.

    Escrito por Em Tempo* no dia 03 de dezembro de 2021 - 19:23


     

    | Foto: Divulgação

    TRE fortalece aparato de segurança para a corrida às urnas em Coari 

    Além da Polícia Militar, as forças nacionais de segurança, incluindo o Exército e a Marinha, serão responsáveis pela ordem pública na corrida às urnas que ocorre, no domingo (5), em Coari. 

    De acordo com as pesquisas de opinião divulgadas por vários institutos nos últimos dias, os candidatos Robson Tiradentes (PSC) e Keitton Pinheiro (Progressista) são os favoritos na batalha de votos.

    Com a taxa de analfabetismo da população com mais de dez anos alcançando 16,3%, acima do índice do próprio Estado, que é de 9,6%, os coarienses vão às urnas decidir a quem confiarão a gestão de uma montanha de repasses de royalties que, segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), chegaram a R$ 74,5 milhões entre janeiro e agosto de 2021.

    Receita milionária 

    De acordo com a ANP, os repasses de 2021 à Terra do Petróleo significaram R$ 30,9 milhões a mais do que os R$  43,5 milhões referentes ao primeiro semestre de 2020. 

    Entre janeiro e dezembro de 2020, a Petrobras turbinou os cofres da Prefeitura coariense com R$ 67,2 milhões.

    O maior repasse registrado nos últimos três anos foi de R$ 131,052 milhões, em 2019, enquanto em 2018 os repasses alcançaram R$ 86,5 milhões. 

    Pobreza e abandono

    Em 2020, a cidade de Coari faturou três vezes mais royalties que Manaus com a exploração petrolífera na Província de Urucu.

    No entanto, a receita milionária do município não traduz benefícios sociais à população. 

    Nas feiras da cidade, o manuseio de alimentos, feito com água de esgotos, reflete a má gestão e o desvio dos recursos públicos.

    Contrastes

    Em Coari, a riqueza dos royalties contrasta com a total ausência de asseio sanitário nas feiras.

    A venda de peixes como tucunaré, tambaqui, piranha, pirarucu e matrinxã é realizada em ambientes abertos localizados no centro da cidade. 

    Nem a pandemia da Covid-19 mudou o cenário de desrespeito às regras sanitárias. Nas feiras, as moscas passeiam o dia inteiro sobre os pescados geralmente lavados com água retirada de qualquer fonte imprópria, como denunciou o jornal Folha de São Paulo.

    Comissão Provisória 

    A defensora pública Carol Braz deverá ser o nome do PDT na disputa para o Governo do Estado nas eleições de 2022. 

    O presidente nacional do partido, Carlos Lupi, vê Carol como uma forte opção eleitoral pelo fato ser mulher.

    Entretanto, o secretário-geral do PDT, Adjuto Afonso, disse à coluna que o ingresso de Carol e de Luiz Castro, assim como o de Orsine Jr. na legenda, está condicionado à formação de uma Comissão Provisória urgente para reformular o partido para torná-lo forte na disputa do próximo ano.

    Janela partidária

    De acordo com Adjuto, a Comissão Provisória terá os meses de janeiro, fevereiro e março para reorganizar o PDT em todo o Estado, antes que a janela partidária se abra, permitindo aos parlamentares a troca de legenda sem a perda de mandato.

    A Comissão, conforme o secretário-geral do PDT, será constituída por filiados que não poderão ter pretensões com vistas às eleições de 2022.

    A Comissão foi prometida por Carlos Lupi em agosto passado, mas não vingou. Mas, desta vez Adjuto diz que ela irá em frente. Do contrário, a janela estará à disposição dos insatisfeitos.

    A caminho do PL

    Fiel seguidor do presidente Jair Bolsonaro e sem ambiente no União Brasil, o deputado federal Pablo Oliva, atual presidente regional do PSL, pode oficializar a qualquer momento o seu ingresso no PL.

    As conversas com Valdemar Costa Neto avançaram nos últimos dias, faltando, contudo, resolver questões pertinentes a cargos de ponta na cúpula da legenda liberal no Amazonas.

    Ouro ilegal

    Levantamento do site Brasil de Fato aponta que o crescimento da atividade garimpeira ilegal na Amazônia se deve, dentre outros fatores, a falência das práticas agrícolas na região.

    “Se hoje eu plantar  500 pés de banana, vou tirar R$ 1 mil e pouco em cinco ou seis meses. Na balsa, se você trabalhar um mês, dependendo do ouro, você faz uns R$ 8 mil. Na roça você só se lasca”, declarou um garimpeiro ao site.

    Festas natalinas

    Com a coordenação da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC), o primeiro fim de semana de dezembro está recheado de atividades natalinas na capital e interior do Estado. 

    Em Itacoatiara haverá a estreia do “Natal dos Municípios” e em Manaus haverá eventos no Largo de São Sebastião, no Teatro da Instalação, nos centros culturais do Palácio da Justiça e Povos da Amazônia e nos parques Jefferson Péres e Rio Negro, dentre outros locais.

    Toda essa programação é gratuita e faz parte da campanha “O Mundo Encantado do Natal – Onde a magia é feita de alegria”, realizada pelo Governo do Amazonas.

    Auxílio permanente

    A entrega dos cartões remanescentes do Auxílio Estadual permanente, para famílias beneficiadas da capital, será encerrada em 10 de dezembro.

    A entrega está concentrada em um único ponto: o Centro Estadual de Convivência da Família (CECF) Padre Pedro Vignola, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, no horário das 8h às 17h.

    Débitos 

    Os contribuintes amazonenses terão até o dia 30 de dezembro para aderir ao programa Refis 2021, que oferece descontos de até 95% em juros e multas de débitos estaduais inscritos na dívida ativa do Estado. 

    Para aderir ao programa, o cidadão deve formalizar processo no Protocolo Virtual, que pode ser acessado no banner “Refis 2021”, no site www.pge.am.gov.br, ou diretamente no link https://online.sefaz.am.gov.br/protocoloAM/.

    Já os pagamentos à vista podem ser intermediados diretamente pelo número de WhatsApp (92) 99403-4980. 

    Covid-19

    Das 52 pessoas internadas em Manaus, vítimas de Covid-19, 80% não tomaram nenhuma dose vacinal de prevenção à doença.

    Por isso o Governo do Estado apela para que os não vacinados procurem os postos de imunização para completarem seus esquemas vacinais.

    Última feira

    A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) realizará a última edição do ano da Feira do Tambaqui neste sábado (4).

    A feira ocorre na sede da FAS, situada na Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10, a partir das 7h30 e segue até 15h.

    Os preços do tambaqui variam por quilo. Até 4kg, o valor é R$ 8/kg; de 4,001 a 5 kg, R$ 10/kg; de 5,001 a 6,999 kg por R$ 13/kg; e acima de 7kg, o preço fica a R$ 16/kg.

     Leia mais:

    CONTEXTO: Coari vive clima de guerra, nova etapa e mais

    EDITORIAL: A fome se alastra no país

    CONTEXTO: Economista de Moro ataca a ZFM, Paulo Guedes e mais

    Campanha Amazonpedia