>

    Fonte: OpenWeather

    contexto


    CONTEXTO: Opção Verde na mira da CPI, Expoagro e mais

    Confira a coluna Contexto desta quinta-feira (9)

    Escrito por Em Tempo* no dia 09 de dezembro de 2021 - 20:03

     

    | Foto: Divulgação

    Opção Verde na mira da CPI que Plínio tenta emplacar no Congresso 

    Caso a instalação aconteça no início de 2022, a CPI das Ongs, que o senador Plínio Valério (PSDB) defende no Congresso Nacional, deverá mirar, principalmente, a ong Opção Verde que, no seu entender, desponta entre as organizações não governamentais que atuam com maus propósitos na Amazônia.

    “A gente não quer demonizar ongs, pelo contrário, separar joio do trigo. Tem muita ong boa, mas tem muito mais ongs ruins, que aproveitam o nome ‘Amazônia’ para enriquecer seus membros”, disse o senador ao site Jovem Pan. 

    Plínio sustenta possuir documentos comprovando que a ong Opção Verde, de origem holandesa, é dona de um gigantesco latifúndio em Coari, no Médio Solimões. O cacique indígena Adriel Kokama acusa membros da ong de praticarem violência sexual contra crianças indígenas e de incentivá-las a ingerir bebida alcoólica.

    Governo turbina  

    O Governo do Amazonas, por meio da Agência de Fomento do Estado (Afeam), destinou, em 2021, R$ 30 milhões em financiamentos para estimular os investimentos rurais e o desenvolvimento da cadeia produtiva primária no estado.

    Mais de 5 mil ocupações econômicas foram geradas ou mantidas entre indígenas, extrativistas, pescadores, agricultores, pecuaristas e piscicultores apoiados por meio de 1.734 mil operações de crédito realizadas pela linha de crédito Afeam Agro, que prioriza investimento às culturas de relevância para o Estado.

    Expoagro

    A AFEAM participa da 43ª Exposição Agropecuária do Amazonas (Expoagro), que acontece no Kartódromo da Vila Olímpica de Manaus, Zona Oeste de Manaus. 

    Com aporte de R$ 1 milhão, a Agência impulsiona as oportunidades de negócios reafirmando o compromisso do Governo do Estado com o setor de agronegócios, em especial a agricultura familiar.

    Panela de pressão

    Fontes informaram à coluna que, nos bastidores, cresce a pressão pela formação imediata de uma Comissão Provisória para reorganizar o PDT no Estado a fim de viabilizá-lo para a disputa eleitoral de 2022.

    O partido, que nos dias 21 e 22 de janeiro vai festejar o Centenário de Leonel Brizola com uma gigantesca programação em Brasília, está enfraquecido no Amazonas, onde possui apenas um prefeito eleito no interior.

    Clima é tenso 

    Conforme as fontes, se a Comissão Provisória não sair até o final deste mês de dezembro, a temperatura das divergências políticas deverá subir entre as correntes em choques dentro do partido.

    A corrente que não abre mão da reorganização urgente da legenda não descarta a busca de outros caminhos se a atual situação perdurar até março do próximo ano.

    Marcelo aguarda

    Embora tenha conversas bastante avançadas com o PSD do senador Omar Aziz, o deputado federal Marcelo Ramos não quer se arriscar a adiantar agora o seu novo destino partidário.

    Prudente, ele aguarda manifestação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre medida cautelar que assegure sua desfiliação do PL conforme os termos do acordo celebrado com o presidente nacional da legenda, Valdemar Costa Neto.

    Após a decisão do TSE, então Marcelo estará livre para bater o martelo com relação ao PSD.

    Data-limite 

    Por um lado, o ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), validou a lei que criou as federações partidárias. Por outro, fixou em seis meses, antes de outubro de 2022, para as siglas sacramentarem qualquer união.

    A decisão do ministro ainda será apreciada pelo colegiado da Corte para poder valer.

    A lei aprovada pelo Congresso determinava que as federações poderiam ser formadas até a data final das convenções, ou seja, dois meses antes do pleito.

    TCE vai fiscalizar

    Preocupado com uma possível estagnação do ciclo vacinal em Manaus, o TCE-AM vai acompanhar a campanha de imunização realizada na capital.

    Os conselheiros se dizem incomodados com o fato de a capital, que já foi referência nacional, agora ocupar apenas a 22ª posição no ranking das cidades que mais vacinam contra a Covid-19.

    Podemos alinhado

    Com o alinhamento do Podemos ao bloco partidário que apoia o Governo do Estado na Assembleia Legislativa do Amazonas, o deputado Wilker Barreto, sem ambiente, comunicou ontem a sua saída da legenda.

    A oficialização do alinhamento fortalece ainda mais a bancada governista na Casa, isolando a oposição.

    Délcio Cidadão

    Em concorrida solenidade que contou com a presença da deputada licenciada Alessandra Campêlo e a exibição de um vídeo do vice-presidente da Câmara Federal, Marcelo Ramos, o desembargador Délcio Santos foi agraciado ontem com o Título de Cidadão do Amazonas pela Assembleia Legislativa (Aleam).

    Autor da propositura, o deputado Serafim Corrêa (PSB) destacou a distinção elogiando o desempenho de Délcio na magistratura. Na ocasião, o desembargador também recebeu a Medalha Ruy Araújo, de autoria do deputado Fausto Júnior.

    Fake news

    O deputado federal Zé Ricardo (PT/AM) reagiu à fake news, que circula nas redes sociais, atribuindo-lhe a autoria de um “suposto” projeto de Lei Nº 4674/20321, que proíbe a sinuca no país por ser considerado um jogo racista.

    “Estão veiculando mentiras contra mim. Estão dizendo que eu sou autor de um projeto fictício, inexistente, que trata da proibição do jogo de sinuca, como sendo um jogo racista. E insinuam com palavras que eu estaria defendendo esse tipo de projeto. Isso é uma mentira. É mais uma fake news que surge próximo das eleições”, rebateu o parlamentar. 

    Pesar por Lerron

    Em nota à imprensa, o governador Wilson Lima (PSC) manifestou pesar pela morte do radialista Lerron Santiago, aos 63 anos, na noite de quarta-feira (8). Também o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cidade (PV), distribuiu nota lamentando a morte do repórter.

    Bastante conhecido e querido na imprensa manauense, Lerron desde os anos 80 atuava na cobertura do noticiário policial, tocando boa parte de sua carreira nas rádios locais. Era uma das estrelas do “Canal Livre”, dos irmãos Souza.

    Quem mais vacina

    Levantamento da Folha de São Paulo aponta as capitais brasileiras que conseguiram superar a marca de 70% no processo de vacinação da população contra a Covid-19.

    Vitória, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Florianópolis, Curitiba, Porto Alegre, Fortaleza e Belém são as cidades mais eficientes em termos de população vacinada com o esquema completo.

    Fármacos

    A Fundação Cecon, vinculada à SES-AM, investiu mais de R$ 158.839.463 entre 2019 e 2021 na manutenção do estoque de medicamentos contra o câncer. 

    Segundo o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão, foi garantido o tratamento de mais de 14,9 mil novos pacientes, além dos já atendidos pelo serviço de farmácia.

    Leia mais: 

    CONTEXTO: “Piratas dos rios”, Jean Cleuter e mais

    EDITORIAL: Réveillons são cancelados

    CONTEXTO: Coligação de Robson faz denúncia, garimpo e mais


    Campanha Amazonpedia