>

    Fonte: OpenWeather

    Contexto


    CONTEXTO: Thiago de Mello, Luta pela Amazônia e mais

    Confira a coluna Contexto desta sexta-feira (14)

    Escrito por EM TEMPO no dia 14 de janeiro de 2022 - 20:38

     

     

    | Foto: Divulgação

    Thiago de Mello: a poesia de uma vida comprometida com o amor e a liberdade

    Para muitos críticos, o amazonense Amadeu Thiago de Mello era considerado o maior poeta brasileiro vivo, até falecer, aos 95 anos, na madrugada de sexta-feira (14), e uma das mais importantes estrelas da literatura brasileira em todos os tempos.

    Nas redes sociais, o governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida, assim como o presidente do Conselho Municipal de Cultura (Concultura), escritor Tenório Telles, lamentaram a morte do grande poeta, natural de Porantim do Bom Socorro, município de Barreirinha, situado no Baixo Amazonas.

    Nascido em 30 de março de 1926, Thiago deixa uma vasta obra dentre as quais se destacam: Silêncio e Palavra,   Narciso Cego,  A Lenda da Rosa, Faz Escuro, mas eu Canto,  Poesia comprometida com a minha e a tua vida, Mormaço na Floresta e Os Estatutos do Homem.

    Luta pela Amazônia

    Thiago de Mello era jornalista, mas foi como poeta que construiu uma obra que sublimou a luta em favor da preservação da floresta amazônica, a maior do mundo.

    Além do célebre "Os Estatutos do Homem", apontado como um verdadeiro libelo em defesa das liberdades democráticas, escrito logo após a instauração do Regime Militar de 1964,  Thiago produziu outros livros em que enfatizava a causa em defesa da floresta e a luta pelos direitos  humanos.

    Por suas posições abertas e ousadas, o poeta chegou a ser preso e exilado pela Ditadura Militar, peregrinando por países como Argentina, Portugal e Chile. No Chile, conviveu com Pablo Neruda, seu amigo pessoal e Prêmio Nobel de Literatura.

    Luto de três dias

    O governador Wilson Lima decretou ontem luto oficial de três dias pelo falecimento de Thiago de Mello. "É uma perda irreparável para nossa cultura. Que Deus conforte familiares e amigos do nosso grande poeta", disse Wilson.

    Com obras traduzidas para mais de 30 idiomas, Thiago foi homenageado pelo Governo do Amazonas em 2021, quando artistas de diferentes segmentos se uniram para a leitura do poema “Faz escuro, mas eu canto”. 

    O poeta era membro da Academia Amazonense de Letras e recebeu o destaque de Personalidade Literária do Prêmio Jabuti, em 2018. 

    Hospitais colapsados

    No Sul e no Sudeste do país, a alta incidência da variante Ômicron, acelerando o número de internações, já está causando o colapso das redes hospitalares.

    Em São Paulo, o Hospital Israelita Albert Einstein registra quase cem por cento das internações por Covid-19, à frente do Hospital Sírio-Libanês e do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

    Ao todo, são 13 os estados brasileiros com suas redes de saúde já complicadas por conta da Ômicron.

    Especialistas alertam 

    Com o volume das internações por Covid-19 aumentando a procura por leitos hospitalares além da média normal, especialistas alertam a população para a necessidade premente do uso de máscaras e de álcool em gel para lavagem das mãos.

    Segundo médicos, por um lado, os óbitos atuais são menores do que a tragédia ocorrida em janeiro de 2021, mas, por outro, as internações se elevam cada vez cada vez mais, colocando em crise o sistema público e privado de saúde.

    Adventista sem leitos

    Em Manaus, o Hospital Adventista já não possui mais leitos para as demandas de pacientes que procuram a unidade de saúde buscando socorro em razão da pandemia.

    Wilson e David agem 

    Enquanto o governador Wilson Lima garante parceria do Estado com o Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV) visando a disponibilização de mais 74 leitos para assistir pacientes vítimas de Covid-19 e de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), o prefeito de Manaus, David Almeida, anuncia a contratação emergencial de 500 profissionais para o enfrentamento da pandemia.

    David tem 28% dos servidores municipais atingidos pela variante Ômicron, dentre os quais os secretários Israel Contes (Semcom) e Shádia Fraxe (Semsa).

    Silvinita 

    A luta pela exploração de silvinita no município de Nova Olinda do Norte, no Vale do Rio Madeira, ganhou um aliado de peso: o chefe da Casa Civil da Presidência da República, senador Ciro Nogueira, presidente licenciado do Progressistas.

    Em audiência com o deputado federal Átila Lins (PP), Ciro também se comprometeu com a busca de alternativas para a exploração de ouro no Madeira, habitação popular para o interior, construção de portos em São Paulo de Olivença, Jutaí e Maraã e de aeroportos em Jutaí, Maraã, Codajás e Amaturá, dentre outros municípios.

    TJAM rigoroso

    Conforme resolução, o acesso das pessoas a qualquer unidade do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) só será permitida agora com a apresentação da carteira de vacinação contra a Covid-19.

    A norma é geral para todas as unidades da Corte de Justiça em todo o Estado.

    As exceções

    A resolução do TJAM observa, entretanto, que a exigência da carteira de vacinação não atinge magistradas, servidoras, estagiárias, voluntárias e prestadoras de serviços contratadas, durante a gravidez.

    Elas podem apresentar apenas a comprovação da gestação, por declaração médica, contendo a assinatura do médico e carimbo com nome e CRM legíveis, ou com certificação digital.

    Correições em 2022

    Um total de 44 unidades judiciárias, sendo 22 da capital e 22 do interior, serão fiscalizadas pela Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ/AM) neste ano de 2022.

    No interior, passarão por correições 22 unidades, dentre as quais, as Varas Únicas das Comarcas de Apuí, Barcelos, Barreirinha, Benjamin Constant, Canutama, Codajás, Eirunepé, Envira, Nhamundá, Pauiní, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Tapauá e Uarini.

    Coari e Humaitá

    Ainda no interior, serão correicionadas, em 2022, a 2.ª Vara e o Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Coari, assim como a 2.ª Vara e o Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Humaitá, a 3.ª Vara da Comarca de Itacoatiara, e a 2.ª e a 3.ª Varas da Comarca de Parintins e a 1.ª Vara da Comarca de Tabatinga.

    Dauro Braga

    Ex-presidente da Escola de Samba Vitória Régia, o empresário Dauro Braga faleceu ontem aos 81 anos, vítima de câncer. 

    Cearense de nascimento, ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva da Unimed Manaus.

    Ensino Médio

    Aprovado pelo Congresso Nacional em 2017, o Novo Ensino Médio começa a ser implementado em todas as escolas públicas e privadas do país no ano letivo de 2022, inclusive no Amazonas.

    Uma das principais alterações da Lei nº 13.415/2017, que alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), foi na estrutura do Ensino Médio, ampliando o tempo mínimo do estudante na escola de 800 horas para mil horas anuais, até o fim de 2022.

    Leia mais:

    EDITORIAL: Jogo duro do TSE

    CONTEXTO: Justiça Eleitoral determina, Pretos e pardos e mais

    CONTEXTO: Alerta geral, Imunização de Crianças e mais


    Campanha Amazonpedia