Fonte: OpenWeather

    País


    Exército apresenta Simulador Nacional de Operações Cibernéticas

    O Centro de Comunicações e Guerra Eletrônica do Exército (Ccomgex) – em parceria com a Decatron, empresa integradora de soluções em tecnologia da informação – apresentaram nesta terça-feira (22) o primeiro Simulador Nacional de Operações Cibernéticas (Simoc).
    O software dará mais dinamismo e qualidade aos treinamentos de militares em 2013 e está alinhado com a Estratégia Nacional de Defesa.
    Segundo o chefe do Ccomgex, general Santos Guerra o simulador é resultado de um ano de trabalho de uma equipe de 30 militares. "Procuramos competência, com pesquisas em universidades. [O Simoc] é o melhor, se comparado aos simuladores estrangeiros". Para ele a resposta no mercado foi "mais satisfatória do que vimos em outros países".
    O simulador funciona desde novembro do ano passado e, em março deve entrar em uma nova fase. O software permite ensinar situações de ataque e defesa, porém não detecta ações. É um equipamento de treinamento.O software poderá ser adotado em faculdades e universidades de todo o país. "Estará disponível para a entidade que solicitar. O fato é que tem de se tomar cuidado com quem se treina. A pessoa [precisa] ter um perfil adequado, ser um hacker do bem", disse o general.