Fonte: OpenWeather

    País


    TST declara greve nos correios abusiva

    O vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) considera a paralisação abusiva - Divulgação

    Nesta quinta-feira (28), o vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Emmanoel Pereira, reconheceu como abusiva a paralisação de empregados dos Correios, iniciada no último dia 19.

    Em seu despacho, o ministro declarou que “houve adesão à greve com a negociação ainda não encerrada, o que implica na abusividade”.

    Leia também: TST acata liminar e determina efetivo mínimo de 80% de trabalhadores nos Correios

    Segundo o magistrado, neste caso, “cabe ao empregador adotar as providências que entender pertinentes, conforme sua conveniência, partindo da premissa de que para tais trabalhadores não há greve, mas simplesmente ausência ao trabalho, desvinculada de qualquer movimento paredista”.

    Diante da decisão, os empregados que aderiram à paralisação devem retornar aos seus postos de trabalho imediatamente.

    Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Correios retomam serviços de entregas

    Com Correios em greve, saiba o que fazer para retirar as encomendas em Manaus

    Correios Celular com WhatsApp grátis e internet ilimitada deve chegar em outubro a Manaus