Fonte: OpenWeather

    Investigação


    Em Manaus, criança morre em SPA com suspeita de estupro e agressão

    A Delegacia de Homicídios foi acionada após médicos encontrarem indícios de estupro e agressão no corpo da criança

    O corpo da criança foi levado para o IML
    O corpo da criança foi levado para o IML | Foto: Divulgação

    Manaus – Uma criança de sete anos morreu, na manhã desta quinta-feira (27), no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galileia, na Zona Norte de Manaus. A polícia investiga o caso, após médicos encontrarem indícios de agressão e abuso sexual no corpo da criança.

    Segundo informações, a menina morava com uma tia no bairro Monte Sinai, na Zona Norte. Familiares levaram a criança ao SPA afirmando que ela havia se afogado.

    Entretanto, durante exames feitos no corpo da menina, médicos encontraram suspeitas de que ela sofreu agressões e abusos. 

    Conforme a equipe médica, a menina supostamente sofreu penetração anal e vaginal, o que ocasionou uma hemorragia e posteriormente a morte.

    Após a suspeita ser levantada, o caso foi parar na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que segue apurando a situação.

    O corpo está no Instituto Médico Legal (IML), onde será feito o exame de necropsia.

    Leia mais: 

    Jovem morto na Compensa foi usado como escudo por alvos, diz família

    'Imperador do tráfico' é preso com drogas e metralhadora na Compensa

    Vídeo: loja de maquiagem oferta R$ 500 por pistas de ladrões em Manaus