Abuso sexual


Idoso que estuprou e engravidou neta de 13 anos é preso em Manaus

O teste de DNA confirmou que a criança é filha do idoso - que cometia o crime quando a esposa não estava em casa

A menina deu à luz ao filho, que hoje tem 9 anos
A menina deu à luz ao filho, que hoje tem 9 anos | Foto: Ilustrativa


Um idoso de 66 anos foi preso pelo crime de estupro de vulnerável contra a neta de sua companheira, ocorrido em 2008, quando ela tinha 11 anos. A prisão ocorreu na tarde desta quinta-feira (27), por volta das 14h45, no bairro Colônia Santo Antônio, zona norte, por mandado de prisão preventiva.

De acordo com o delegado César Rufino, no terreno da avó, tinham duas residências. Ela e o companheiro moravam em uma e a criança e sua mãe, em outra. Pelo fato das casas serem próximas, a neta sempre ia visitar a avó. Em certa ocasião, a criança foi dormir na moradia da avó, mas a mesma havia saído para dormir na casa de um filho, deixando a neta sozinha com o homem. Naquela noite, ocorreu o primeiro estupro. 

“No primeiro delito, a menina tinha 11 anos, e no decorrer dos anos, continuou sendo violentada, até que, aos 13, engravidou do seu abusador. Após o nascimento do bebê, um exame de DNA foi requisitado para confirmar a paternidade, ocasião em que a responsável pela vítima registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra ele, em 2011, após o nascimento da criança”, explicou Cesar Rufino.

O mandado de prisão contra o homem foi expedido no dia 18 de agosto de 2020, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

Procedimentos

O homem foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e após os procedimentos cabíveis, ele será encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça.

*Com informações da assessoria

Leia mais

Em Manaus, maior incidência de estupros em crianças é de 0 a 11 anos

Em Manaus, criança morre em SPA com suspeita de estupro e agressão