Homicídio


Homem suspeito de estuprar bebê de dois anos é assassinado em Manaus

Cabeça e rosto da vítima foram alvo de seis tiros, nesta madrugada de domingo (30)

O crime o ocorreu por volta de 01h da madrugada quando Davy ao atender a porta de sua residência foi surpreendido
O crime o ocorreu por volta de 01h da madrugada quando Davy ao atender a porta de sua residência foi surpreendido | Foto: Beatriz Araújo

Manaus - Um homem, identificado como Davy da Mota Castro, 38 anos, foi assassinado  com seis tiros em sua própria casa na madrugada deste domingo (30), no beco da Ferinha localizado entre a rua Cacto e Av. Peixe Cavalo, na Comunidade União da Vitória, bairro Tarumã, zona Oeste da capital. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima já possuía passagem criminal por três crimes cometidos na capital. 

O crime o ocorreu por volta de 01h da madrugada quando Davy ao atender a porta de sua residência foi surpreendido por um indivíduo, ainda não identificado pela polícia, que efetuou seis disparos contra a vítima.

Conforme informações preliminares de moradores da região, a vítima atuava como pedreiro e construiu a casa na localidade, a cerca de três meses, onde morava sozinho. Segundo a equipe policial, Davy já possuía passagem criminal pelos crimes de  tráfico de drogas, abuso de vulnerável e abandono de incapaz.

Vingança 

Apesar do crime não ter sido comprovado, o tenente Abraão da 20° Companhia Interativa Comunitária (Cicom), afirmou que a equipe policial não descarta que o suposto abuso tenha sido a motivação do crime. 

“O crime não foi comprovado na Delegacia Especializada em Proteção a Criança e ao Adolescente, no entanto, a população já esta cansada de ver tantos atos criminosos e decidiu fazer justiça com as próprias mãos. Orientamos a população que acione a polícia e não cometa esse tipo de crime”, enfatizou a autoridade policial. 

A equipe policial identificou que os disparos efetuados contra Davy foram feitos de uma pistola calibre 40, que atingiram a cabeça e rosto da vítima. 

Abuso Sexual

Davy da Mota havia sido detido na madrugada do última sábado (29), acusado de tentativa de abusar e abandonar a enteada de dois anos. Ele foi liberado após depoimento, devido não ter sido comprovado que ele foi praticante de abuso.

O caso foi denunciado a Polícia Militar por um grupo de vizinhos que informaram que um homem estava sozinho na casa com uma criança que chorava muito. Os denunciantes afirmaram, ainda, que a mãe e o namorado são usuários de entorpecentes. 

Quando a polícia chegou ao endereço, encontraram a criança desacordada, seminua e suja de fezes. O homem não percebeu a chegada dos policiais e estava perto da bebê. Depois de avistar a patrulha, o homem, ainda tentou fugir, no entanto foi pego e preso. 

A vítima e o homem foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde o caso foi registrado. Horas depois, a mãe foi localizada e prestou esclarecimento na delegacia. 

Assista ao vídeo do momento em que a polícia está no local do crime e a retirada do corpo, realizada pelo Instituto Médico Legal.



Leia mais

Namorado é acusado de abusar e abandonar uma criança de dois anos

Homem é morto após reagir a assalto em festa de aniversário em Manaus

Vídeo: Vereador de Tapauá no AM leva "voadora" após ser cobrado