Morte


Após segundo ataque, empresário baleado morre em hospital

A vítima ainda foi internada mas morreu após quase 24 horas do crime

Os familiares e amigos lamentaram a morte de Thiago Dantas nas redes sociais
Os familiares e amigos lamentaram a morte de Thiago Dantas nas redes sociais | Foto: Divulgação


Manaus - Após quase 24 horas, morreu o empresário Thiago Dantas Batista, de 28 anos, que foi baleado com um tiro na cabeça na noite desta terça (8). A vítima estava internada no Hospital João Lúcio, onde não resistiu ao ferimento nesta quarta (9). O crime aconteceu dentro da loja da vítima, localizada na avenida Nossa Senhora de Fátima, bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus. 

Durante a remoção do corpo, feita pelo Instituto Médico Legal (IML), um primo da vítima, que não quis se identificar, contou que, há aproximadamente quatro meses, Thiago já havia sofrido outro ataque criminoso.

“Na época, ele foi baleado com, pelo menos, cinco tiros. O caso também aconteceu perto da loja dele”, relatou o homem de 41 anos. 

Apesar do depoimento, a família acredita que Thiago foi vítima de um latrocínio - roubo seguido de morte, mas a versão ainda não foi confirmada pela polícia. 

O corpo foi removido do necrotério do HPS João Lúcio
O corpo foi removido do necrotério do HPS João Lúcio | Foto: Daniel Landazuri


O caso 

Segundo testemunhas, três criminosos invadiram a loja que Thiago é proprietário e surpreenderam ele com os disparos. Depois os suspeitos fugiram a pé do local. 

Socorro da vítima 

A vítima foi socorrida no depósito da loja e foi levada por amigos até o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. Ele foi transferido para o HPS João Lúcio. 

Câmeras de segurança da região e do estabelecimento da vítima devem ajudar a Polícia Civil nas investigações do caso.

Leia Mais 

Na frente de casa, idoso é baleado devido à briga de traficantes

'Pego de surpresa', homem é assassinado no bairro Aparecida

Polícia atira em pneus de ônibus e frustra assalto em Manaus