Prisão


Dupla é presa com drogas e arma de fogo no Colônia Santo Antônio

Um dos suspeitos, de 21 anos, tinha mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio

Material apreendido durante a ação policial
Material apreendido durante a ação policial | Foto: Divulgação/Polícia Civil

Manaus - Adriano Santos de Oliveira, de 21 anos, e Wigor Ryam Matos da Silva - o "Magrão" -, de 19, foram presos na noite de quarta-feira (9), na Rua Luís Prestes, no loteamento de mesmo nomes, no bairro Colônia Santo Antônio, na Zona Norte da capital. A dupla foi denunciada pela prática de tráfico de drogas e por portar uma arma de fogo.

De acordo com o delegado Ricardo Cunha, titular do 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP), as diligências iniciaram após denúncias anônimas. À polícia, o denunciante relatou que a dupla comercializava drogas em frente a uma lanchonete e que um dos suspeitos mostrava arma de fogo para intimidar moradores da região. 

Os policiais civis montaram campana e visualizaram Wigor Silva vendendo drogas. Ele foi abordado e questionado sobre a existência de mais entorpecentes e indicou que haviam mais drogas em um local nas proximidades.

Sobre a arma de fogo, ele informou que estava na casa de Adriano Oliveira. A equipe foi ao local e apreendeu um revólver calibre 38 com quatro munições intactas. 

Ao todo, foram apreendidas na ação 40 trouxinhas de maconha do tipo skunk, 57 trouxinhas de oxi, uma balança de precisão, materiais para embalo de drogas, além do revólver. 

Na delegacia, foi constatado que Adriano possuía um mandado de prisão em aberto pelo crime de homicídio - ocorrido em 2018 - que teve como vítima um homem de 35 anos. "Os dois presos são de alta periculosidade. Ambos possuem passagens por roubos e tráfico de drogas. Adriano responde ainda pelo crime de homicídio. É muito importante termos retirado essa dupla de circulação", declarou o delegado Cunha.

A dupla foi encaminhada ao 18º DIP, onde foram adotados os procedimentos cabíveis. 

Leia mais:

'Senhor das Armas' e esposa são presos com arsenal na Zona Norte

Preso em Manaus motorista de aplicativo que praticava arrastão

Seis anos após assaltar posto de gasolina, acusado é preso em Manaus