Estupro


Adolescente denuncia companheiro da prima pelo crime de estupro

A avó da vítima, uma dona de casa de 56 anos, conversou com o Em Tempo e contou detalhes do crime

| Foto: Erlon Rodrigues/ PC-AM

Manaus - Uma adolescente de 13 anos denunciou o companheiro da própria prima pelo crime de estupro de vulnerável. O caso teria ocorrido na tarde do último dia 6 de setembro, na casa do suspeito no bairro Colônia Terra Nova, na Zona Norte de Manaus. A menina estava cuidando do filho do suspeito, quando o ato foi consumado. 

A avó da vítima, uma dona de casa de 56 anos, conversou com o Em Tempo e contou detalhes do dia do crime. A família percebeu que algo estava errado quando a menina chegou da casa da prima chorando. 

"Minha sobrinha pediu para ela cuidar do filho dela e eu deixei. Ela foi para a casa deles fazer o bebê dormir e nós ficamos aqui. Quando ela voltou, minha mãe percebeu que ela estava chorando. Depois se trancou no quarto e não saiu mais. Depois ela acabou revelando que ele havia a estuprado, após trancá-la no quarto do casal. Eu fui tirar satisfações e ele admitiu o crime", explicou a mulher. 

Assim que soube do ocorrido, a dona de casa levou a neta até a Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), onde o caso foi denunciado. A menina teve hemorragias após o crime e foi levada a um hospital.  

"Ela começou a sangrar e ainda não parou. Já fomos em três hospitais e ela passou por exames. No sábado (12), depois que ele descobriu que havíamos denunciado o caso, recebi vários áudios dele pedindo perdão pelo que fez com a minha neta. Eu não aceito, eu quero Justiça. Ele sumiu desde sábado, ninguém sabe onde ele está. Agora ele vai ter que prestar as contas com a polícia", declarou a avó.  

O caso já foi registrado na Depca e os exames de conjunção carnal e anal foram requisitados.  A adolescente está recebendo acompanhamento psicológico. O suspeito deve prestar esclarecimentos à autoridade policial.

Veja a reportagem com a família: