Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Integrantes de facção são alvos de operação 'Cabeças' em Manaus

    Os criminosos haviam fugido do Pará para Manaus. Um dos suspeitos morreu ao trocar tiros com a polícia

    Ação teve apoio do Grupo Fera
    Ação teve apoio do Grupo Fera | Foto: Alailson Santos/ PC

    Manaus -  Dois integrantes de uma facção criminosa que atua no estado do Pará, e que estavam foragidos em Manaus foram alvos nesta terça-feira (22), da operação "Cabeças" operação deflagrada pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), e pela Polícia Civil do Pará. A ação ocorreu no bairro Parque Dez de Novo, na Zona Centro-Sul da capital amazonense. Um dos criminosos morreu ao trocar tiros com a polícia

    Além do Amazonas, a operação "Cabeças" aconteceu simultaneamente nos estados de Goiás e Santa Catarina. Em Manaus, um homem identificado como Cássio Luan Oliveira Baia, de 30 anos, foi recapturado. Além de integrar uma facção criminosa, ele ainda foi preso em flagrante portando um documento falso. Outro criminoso identificado como Jonatan Silva Barbosa, que também era suspeito de integrar a facção criminosa, morreu ao trocar tiros com a polícia. Com ele, um revólver calibre 38, usado para atirar em policiais, foi apreendido. Nenhum policial ficou ferido.

    Outras duas prisões ocorreram em Goiás e Santa Catarina. A ação teve como principal objetivo cumprir mandados de prisão de lideranças de uma facção criminosa de âmbito nacional que, mesmo à distância, organizavam e comandavam crimes no Estado do Pará, segundo informou a Polícia Civil paraense. As investigações sobre o grupo vinham se desenrolando a cerca de um ano.


    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Troca de tiros entre bandidos e PMs deixa um morto e feridos em Manaus

    'Ele mexia com os outros', diz familiar de homem morto em Manaus

    Quadrilha é presa com drogas e arma no Novo Israel