Prisão


Envolvido em latrocínio cometido a empresário no Dom Pedro é preso

Suspeito tinha um mandado de prisão desde dezembro do ano passado

crime ocorreu no dia 29 de julho de 2019, no bairro Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste de Manaus | Foto: Divulgação

Manaus - Sidney Pinto Ferreira, de 31 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (2), na casa da sogra no conjunto Belvedere, no bairro Planalto, na Zona Centro-Oeste de Manaus. Ele é acusado de participar do latrocínio que teve como vítima Yann Victor Fonseca Rios, que tinha 21 anos. O crime ocorreu no dia 29 de julho de 2019, no bairro Dom Pedro, na Zona Centro-Oeste de Manaus.

De acordo com o delegado Márcio André, do 25° Distrito Integrado de Polícia (DIP), Sidney tinha um mandado de prisão expedido em dezembro do ano passado. Os policiais civis receberam informações do paradeiro do suspeito e cumpriram a ordem judicial. 

"Sidney já havia sido preso antes devido a um mandado de prisão temporária. Agora já é prisão preventiva e ele deve responder o processo na unidade prisional. Ele já tinha trabalhado como segurança na casa da vítima e passou informações sobre a rotina da família a outros dois comparsas. As investigações ficaram a cargo da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), e apontam esses envolvidos, mas mesmo assim ele nega o crime", relatou a autoridade policial. 

No dia do crime, Eduardo Souza da Costa e Paulo de Tássio de Souza Picanço, que já estão presos, abordaram Yann e o cunhado dele
No dia do crime, Eduardo Souza da Costa e Paulo de Tássio de Souza Picanço, que já estão presos, abordaram Yann e o cunhado dele | Foto: Divulgação

No dia do crime, Eduardo Souza da Costa e Paulo de Tássio de Souza Picanço, que já estão presos, abordaram Yann e o cunhado dele no momento em que os dois saiam de casa. Eles haviam recebido a informação de que a vitima sairia com uma alta quantia estimada em R$ 20 mil. 

Yann e o cunhado reagiram ao assalto e lutaram com Eduardo que acabou atirando contra os dois. Yann morreu no local e o cunhado apenas ficou ferido. Uma pochete com R$ 900 foi subtraída.  Sidney seria o responsável por articular todo o crime. 

Procedimentos 

Sidney foi levado à Central de Recebimento e Triagem (CRT) do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.

Leia mais

'Pirata de rio', envolvido em série de assaltos, é preso no Amazonas

Em Manaus, ladrão é preso após motorista de app rastrear celular

Homem morre em confronto com a Rocam no Jorge Teixeira