Prisão


Grupo criminoso que atuava em Iranduba é preso com armas e drogas

Os suspeitos mantinham armas, drogas e munições guardadas em casas distintas

Os suspeitos foram apresentados na 31ª DIP
Os suspeitos foram apresentados na 31ª DIP | Foto: Divulgação

Iranduba - Um grupo criminoso de cinco pessoas foi preso na tarde desta segunda-feira (5), por volta das 14h30, ao longo de diligências no bairro Novo Amanhecer, em Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus). Eles estavam com armas de fogo, munições e drogas.

Os suspeitos foram identificados como Adriele de Lima Cardoso, de 27 anos; Elias Neto dos Santos, 32 anos; Gustavo Henrique Alves de Souza, de 33 anos; Marlon de Souza Diogo, de 27 anos e Ramon da Silva Siqueira, de 30 anos. 

De acordo com a equipe da 8ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), duas viaturas estavam em patrulhamento de rotina na rua Anamã, do bairro Novo Amanhecer, quando os policiais avistaram dois suspeitos tentando fugir do local. Eles foram localizados em uma casa nas proximidades. 

Com eles, os policiais localizaram um revólver calibre 32, uma quantia em drogas, uma balança de precisão e R$ 159.  Após os policiais questionarem sobre a origem do material, um dos suspeitos falou que mais uma arma estava sendo guardada pelo casal Adriele e Elias. Os policiais foram até um outro lugar, onde foi apreendido um revólver calibre 22.

Elias indicou aos policiais que em outra casa estavam sendo armazenadas munições. Novamente, os policiais foram ao local, onde apreenderam Marlon com uma arma de fogo falsa e munições calibre 32. 

Ao total, além das armas, foram apreendidas cinco munições calibre 22, 12 munições de calibre 32, uma munição de calibre 5.56, uma porção de oxi, 33 trouxinhas de oxi e uma porção pequena de cocaína, um pote azul contendo oxi, uma balança de precisão, quatro aparelhos celulares e um carro também foi apreendido. 

O caso foi apresentado na 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), onde foram adotados os procedimentos cabíveis. No local, foi constatado que Gustavo e Ramon tinham um mandado de prisão em aberto. 

Leia Mais

'Boca de fumo' é desativada e três são presos no Jorge Teixeira

Trio é preso após série de crimes na Zona Leste de Manaus

Traficantes são presos com drogas em Manaus e no interior