Corrida do terror


Motorista de App passa 3h nas mãos de criminosos em Manaus

Ele só foi liberado porque disse que a gasolina do carro estava acabando. Os bandidos o deixaram com as mãos e os pés amarrados

| Foto: Suyanne Lima

Manaus - Um motorista de aplicativo passou por momentos de terror nas mãos de três criminosos durante um assalto no início da noite desta quarta-feira (7). Os suspeitos iniciaram a corrida no bairro Centro, na Zona Sul, e anunciaram o assalto durante o trajeto. A vítima ficou por, pelo menos, três horas nas mãos dos suspeitos.

De acordo com informações repassadas pela vítima, assim que o trio entrou no carro, ele desconfiou da atitude suspeita. Imediatamente, o motorista enviou uma localização em tempo real para um amigo e deu um sinal de que estava desconfiado que algo poderia acontecer.

"Logo em seguida, um dos suspeitos mostrou uma pistola e um deles já assumiu a direção. Eu fiquei no banco de trás amarrado, nas mãos e nos pés. Foi desesperador. Eles pegaram meu aparelho celular e viram que eu tinha mandado a localização. Recebi diversas ameaças de morte. Eles ainda tentaram cometer um assalto no Japiim, mas não conseguiram", relatou a vítima.

O motorista de App contou que, como ele havia acabado de iniciar a corrida,  o carro dele estava com pouco combustível. Foi devido a isso que os criminosos o abandonaram.

"Meu carro tem sensor do cinto de segurança. Como eles viram que o carro estava apitando, eu disse que já não havia mais gasolina e o carro iria parar. Foi quando eles me abandonaram próximo ao Centro e foram embora. Passou tudo pela minha cabeça, foi uma situação muito desesperadora. Eles ainda perguntavam se eu tinha família e falavam o tempo todo que era para eu colaborar com eles", disse. 

Assim que conseguiu se soltar, a vítima pediu ajuda e  foi até o 1° Distrito Integrado de Polícia (DIP) formalizar a ocorrência. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.