Fonte: OpenWeather

    Prisão


    Homem estuprava enteada de 9 anos quando esposa saía para estudar

    O homem foi condenado a 20 anos de prisão, em regime fechado, pelo crime de estupro de vulnerável

    A menina foi abusada durante dois anos | Foto: divulgação

    A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), cumpriu, durante esta quarta-feira (28), mandando de prisão em razão de sentença condenatória de um homem de 51 anos, pelo crime de estupro de vulnerável, ocorrido entre os anos de 2012 e 2014, tendo como vítima a ex-enteada que, na época, tinha nove anos.

    De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Especializada, a prisão ocorreu no bairro Centro, zona sul de Manaus, após a realização de diligências. O homem abusou da ex-enteada durante dois anos, na própria residência da família, no bairro Grande Vitória, zona leste.

    “O autor se aproveitava do fato de que a mãe da menina saia de casa para estudar, e cometia os abusos dentro de casa. Depois, ameaçava a criança para que ela não relatasse os fatos”, explicou a delegada.

    Ainda conforme informações de Joyce, o caso foi registrado na Depca, em 2014, e teve o mandado de prisão expedido no dia 26 de agosto deste ano, pela juíza Articlina Oliveira Guimarães, da 2ª Vara Especializada em Crimes Contra a Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

    Procedimentos

    O homem foi condenado a 20 anos de prisão, em regime fechado, pelo crime de estupro de vulnerável. Após os procedimentos cabíveis, ele será levado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT) e ficará à disposição da Justiça.

    *Com informações da assessoria