Fonte: OpenWeather

    crime


    Briga após bebedeira termina em morte de indígena e prisões

    Jibamar foi ferido com três golpes, mas conseguiu ferir Aki Aguiar com um golpe de faca nas costas

    Os suspeitos foram presos e levados para a delegacia do município
    Os suspeitos foram presos e levados para a delegacia do município | Foto: divulgação


    Eirunepé - Uma briga após bebedeira ocorrida na madrugada desta sexta-feira (30), no lago do Português, na zona rural de Eirunepé (distante 1.160 quilômetros da capital), terminou com a morte do indígena Jibamar Tonoro Kulina, de 50 anos. Ele foi assassinado com três facadas e dois indígena foram presos em flagrante pelo crime. Um homem de 53 anos também foi esfaqueado pelos índios.

    De acordo com a equipe da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Eirunepé, os suspeitos foram identificados como Aki Aguiar Kulina, de 36 anos, e Wara Kulina, de 38 anos. O crime aconteceu após uma discussão entre os quatro que estavam bebendo juntos. 

    Jibamar foi ferido com três golpes, mas conseguiu ferir Aki Aguiar com um golpe de faca nas costas. Já o homem de 53 anos foi levado ao hospital do município. 

    Policiais civis  e militares chegaram até os dois indígenas após denúncias de que eles estavam tentando fugir em uma canoa. Eles também utilizaram uma área de mata para tentar escapar, mas foram cercados e presos em flagrante. 

    O caso foi apresentado na DIP de Eirunepé, onde foram adotados os procedimentos cabíveis.

    Veja o momento da prisão dos índigenas:

    | Autor: Divulgação