Fonte: OpenWeather

    Assassinato


    Feirante de 60 anos é morto com dois tiros na cabeça na Djalma Batista

    O criminoso chegou ao local de ônibus, efetuou o tiro contra o feirante e fugiu a pé pela via

    | Foto: Divulgação

    Manaus - Enquanto se preparava para mais um dia de trabalho, o feirante Raimundo Sotto Mayor Ribeiro, de 60 anos, foi morto com dois tiros na região da cabeça, na manhã desta quinta-feira (5). O crime aconteceu, por volta das 5h50, em frente ao Mercado Dorval Porto, na avenida Djalma Batista, Zona Centro-sul de Manaus. 

    Diferente de outros assassinos, que usam carro e moto para cometer os crimes, o suspeito da morte de Raimundo, chegou ao local de ônibus, e depois fugiu a pé. 

    “Testemunhas contaram que a vítima chegou com a esposa, por volta de 5h30, quando minutos depois o suspeito desceu de um coletivo e efetuou os tiros contra a vítima”, informou o delegado Luiz Rocha, plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). 

    Ainda conforme testemunhas, na fuga, o suspeito teria tirado a camiseta e jogado na via pública. Ele estaria usando apenas máscara. 

    Raimundo era vendedor de queijos há cerca de 20 anos na Mercado Dorval Porto. A família dele falou para o delegado que desconhece a motivação da morte.

    “Falaram que ele não sofria ameaças e nem teve alguma briga recente que possa ter motivado o crime. Mas vamos levar os parentes para delegacia, onde eles devem prestar mais esclarecimentos”, disse o delegado. 

    A equipe da DEHS conversou com alguns moradores e comerciantes para solicitar imagens de câmeras de segurança para tentar identificar o suspeito. O corpo de Raimundo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

    Leia mais:

    Há um mês em Manaus, jovem é roubado e assassinado no bairro Planalto

    Vídeo: Criminosos assaltam lanchonete no Mutirão e 'tocam o terror'

    Assaltante é morto por cliente de clínica veterinária em Manaus