Morte violenta


Atirador manda jovem pedir perdão de joelhos antes de morrer no Centro

O jovem foi morto com tiros na cabeça, nas proximidades da Feira da Banana, no Centro de Manaus

O atirador ordenou que o jovem ajoelhasse e pedisse perdão
O atirador ordenou que o jovem ajoelhasse e pedisse perdão | Foto: divulgação


Manaus - Com vários tiros na cabeça, um jovem ainda não identificado foi assassinado no início da noite desta segunda-feira (9), na região da Feira da Banana, na Zona Sul de Manaus. Ele foi obrigado a ficar de joelhos antes de ser atingido com vários tiros na cabeça. Pelo menos, duas pessoas teriam participado da execução. 

De acordo com policiais militares da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), as testemunhas informaram que os assassinos chegaram em um carro, modelo Ônix, de cor preta e placas não identificadas. O passageiro saiu do banco traseiro do veículo e apontou a arma na direção da vítima, que estava saindo de um estacionamento rotativo. No local há uma câmera de segurança que pode ter flagrado a execução. As imagens podem ajudar a polícia a identificar os assassinos e o que, de fato, aconteceu durante o crime.

O atirador ordenou que o jovem, identificado na Manaus Moderna como "Queixinho de Leite", ajoelhasse e pedisse perdão. Mesmo cumprindo a determinação, a vítima foi atingida com vários tiros. Após o crime, o criminoso correu até a esquina onde o comparsa o aguardava. 

Ainda segundo os policiais militares, na região é comum a movimentação por conta da comercialização de drogas, mas ainda é prematuro afirmar que essa tenha sido a motivação do crime. O crime será investigado pela equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs).