Homicídio


Na Compensa, pedreiro é assassinado ao chegar em casa após o trabalho

O homem foi alvejado com um tiro na cabeça; motivação do crime ainda é desconhecida

| Foto: Divulgação

Manaus – O pedreiro Edilson Castro Vieira Filho, de 33 anos, foi morto a tiros, na rua Campos Sales, bairro Compensa, zona Oeste de Manaus, na noite desta segunda-feira (9). Não foram identificadas as motivações do crime, nem os suspeitos.

De acordo com informações divulgadas pela polícia, o homem trabalhava como pedreiro em um estaleiro e estava chegando em casa, após o serviço, quando foi alvejado na cabeça por dois homens em uma motocicleta preta.  

Ainda segundo a polícia, a dupla parou ao lado do pedreiro, atirou contra ele e fugiu do local em seguida. A vítima foi socorrida por familiares, que o encaminharam ao Serviço de Pronto-Atendimento (SPA) Joventina Dias, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local na unidade de saúde.

A 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) atendeu a ocorrência, mas não conseguiu localizar os criminosos. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). Imagens de câmeras de segurança devem ajudar a polícia na identificação dos criminosos.

Leia mais:

Avaliados em R$ 1 milhão, 300 kg de maconha são apreendidos em Manaus

Polícia Civil do AM apreende lote de drogas avaliado em R$ 350 mil

Casal é preso com 115 kg de maconha na Zona Norte de Manaus