Fonte: OpenWeather

    Estupro de vulnerável


    Criança de 10 anos engravida após ser estuprada pelo irmão no AM

    O suspeito tem de 17 anos. A criança está grávida de 20 semanas e está recebendo acompanhamento especializado

    | Foto: Divulgação

    Manacapuru (AM) – Uma menina de 10 anos está grávida de 20 semanas após sofrer uma série de violências sexuais, em Manacapuru (distante 68 quilômetros em linha reta de Manaus). O irmão da vítima, de 17 anos, é o suspeito de estuprar a criança.

    De acordo com a delegada Roberta Merly, titular da Delegacia Especializada de Polícia (DEP) de Manacapuru, na noite da última segunda-feira (9), a avó da criança compareceu na unidade policial para informar que a neta poderia estar grávida, 

    A vítima foi encaminhada para uma unidade hospitalar, onde foi comprovado que ela estava grávida de 20 semanas.

    Ainda conforme a delegada, no hospital, a menina foi ouvida por uma equipe multidisciplinar do Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual (Savvis) e relatou que o abusador era o próprio irmão, um adolescente de 17 anos. 

    "Como o irmão também é menor de idade, ele irá responder de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)’’, informou a delegada, que investiga o caso.

    Segundo Roberta, o suspeito não prestou depoimento, até o momento, pois se automutilou ao ser denunciado pela vítima e foi internado em outra unidade médica.

    A criança passou por atendimento psicológico e foi encaminhada para acompanhamento especializado no Instituto da Mulher, em Manaus.

    Caso seja comprovado o abuso sexual por parte do irmão, ele responderá por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável e o procedimento encaminhado à Justiça.

    A DEP de Manacapuru afirmou que irá investigar se há outras pessoas envolvidas nos abusos.

    Leia mais:

    Terapeuta é preso por abuso sexual no RJ ‘Sou homem, isso acontece’

    Em Manaus, 23 infratores são presos e mais de R$ 8 mil apreendidos

    Homem estuprava enteada de 9 anos quando esposa saía para estudar