Feminicídio


Homem que espancou a companheira até a morte é preso no Amazonas

A vítima foi encontrada morta em uma área de mata na AM-240 com hematomas pelo corpo

| Foto: Divulgação

Rio Preto da Eva - Renan Silva da Rocha, de 23 anos, foi preso nesta quinta-feira (12), no município de Rio Preto da Eva (distante 80 quilômetros de Manaus). Ele era procurado desde o dia 25 de junho deste ano por ser apontado como autor do feminicídio da companheira dele, identificada como Elizeth Pereira de Moraes, que tinha 38 anos. O crime ocorreu por volta das 3h, daquele dia, no Sítio São Sebastião, quilômetro 18 da rodovia AM-240, zona rural de Presidente Figueiredo (distante 107 quilômetros de Manaus. 

Conforme divulgado pelo delegado Valdinei Silva, o corpo de Elizeth foi encontrado com diversos hematomas na região do rosto e manchas de sangue pelo corpo. Um dia antes, Elizeth estava acompanhada de Renan, em um torneio de futebol naquela comunidade. Eles tinham um relacionamento e estavam consumindo bebidas alcoólicas, até que ela desapareceu, segundo a polícia.

No local do encontro do corpo da mulher havia um par de óculos de sol de cor preta e bege, que, segundo testemunhas, Renan estava utilizando durante o torneio de futebol. Não há informações sobre o depoimento do suspeito, que já está preso na 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Presidente Figueiredo, onde foram adotados os procedimentos cabíveis. Mais detalhes da prisão deverão ser divulgados posteriormente pela Polícia Civil

Leia Mais


Jovem confessou ter assassinado namorada a facadas no Viver Melhor

Caso Lenita: São presos no AM principais suspeitos pelo assassinato

Uma mulher é morta a cada 9 horas desde o início da pandemia