ELEIÇÕES 2020


Polícia Civil apreende R$ 104 mil em caso suspeito de compra de votos

De acordo com o delegado Ivo Martins, designado para atuar nas eleições em Atalaia do Norte, a equipe policial estava realizando uma barreira na rodovia quando abordou um homem com quem foram encontrados quase R$ 105 mil em espécie.

Manaus - A Polícia Civil do Amazonas instaurou um inquérito para investigar suspeita de compra de votos em Atalaia do Norte (a 1.119 quilômetros de Manaus). Na noite de sábado (14/11), um homem foi detido portando R$ 104,3 mil na BR-307, próximo à barreira sanitária. 

De acordo com o delegado Ivo Martins, designado para atuar nas eleições em Atalaia do Norte, a equipe policial estava realizando uma barreira na rodovia quando abordou um homem com quem foram encontrados quase R$ 105 mil em espécie. Questionado sobre o dinheiro, ele afirmou pertencer à irmã, que é secretária municipal de saúde, e que o valor havia sido entregue pelo marido dela, minutos antes. 

Aos policiais, o suspeito afirmou que o dinheiro seria destinado à compra de uma casa em Benjamin Constant, para onde estava se dirigindo.
Aos policiais, o suspeito afirmou que o dinheiro seria destinado à compra de uma casa em Benjamin Constant, para onde estava se dirigindo. | Foto: Divulgação

Aos policiais, o suspeito afirmou que o dinheiro seria destinado à compra de uma casa em Benjamin Constant, para onde estava se dirigindo.

Conforme o delegado, considerando o pleito eleitoral deste domingo e fortes indícios de compra de votos, o homem recebeu voz de prisão. A secretária foi encontrada depois e conduzida à delegacia, assim como o marido dela, para esclarecimentos. 

Os policiais apreenderam, ainda, a motocicleta utilizada pelo homem e dois aparelhos celulares. Um inquérito policial foi instaurado para apurar o crime de corrupção eleitoral.

Leia mais:

www.portalamazonia.com/ultimas