Abuso Sexual


Homem atraía garotas com falsos empregos para estuprá-las, em Manaus

O homem ofereceu R$ 1.200 e um celular para uma das vítimas, mas acabou abusando sexualmente dela

A vítima, uma adolescente de 15 anos, formalizou a denúncia na segunda-feira | Foto: divulgação

Manaus - Leonardo Ferreira Barbosa, de 38 anos, foi preso, na manhã desta quinta-feira (19), no bairro Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus, por utilizar perfis fakes na internet para atrair adolescentes com falsas propostas de emprego. Após marcar um encontro, ele estuprou e roubou uma das vítimas. 

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), a vítima, uma adolescente de 15 anos, formalizou a denúncia na segunda-feira (16), relatando que o homem havia oferecido o salário de R$ 1.200 e um aparelho celular para ela começar no suposto emprego.

“A adolescente passou a conversar com o suspeito e ele então disse que as propostas só se concretizariam se ela tivesse relações sexuais com o filho do dono da empresa. Ele chegou a marcar um encontro com a vítima e, mesmo ela relatando que havia desistido do acordo, foi estuprada”, explicou a delegada. 

Coelho informou ainda que Leonardo chegou a entrar em contato com a vítima por um outro perfil fake para ameaçá-la com a divulgação dos vídeos do crime, caso ela denunciasse o estupro. 

Ficha na polícia

A partir da denúncia, os policiais civis da Depca constataram que o suspeito já tem uma extensa ficha criminal com duas passagens por lesão corporal, duas por roubo, uma por favorecimento à prostituição e quatro por estupro. 

“Acreditamos que há muitas vítimas, mas elas estão com medo de verem suas imagens expostas em redes sociais. Pedimos com urgência a prisão preventiva dele à Justiça, que emitiu a ordem judicial considerando que ele é um risco em potencial para toda a sociedade. Inclusive, hoje ele já estava marcando um novo encontro com uma outra vítima”, declarou a delegada. 

No momento da abordagem policial, Leonardo tentou correr e acabou caindo de um muro. Ele fraturou a perna e está internado em uma unidade hospitalar sob custódia policial. 

Leonardo será indiciado por estupro, roubo e favorecimento à prostituição. Após receber alta, ele deve ser encaminhado à Central de Recebimento e Triagem (CRT) da rodovia federal BR-174, onde irá ficar à disposição da Justiça.