Fonte: OpenWeather

    Assassinatos


    Criminosos em carro branco 'desovam' corpos na Zona Norte de Manaus

    A dinâmica repassada por testemunhas à polícia indica que o mesmo grupo criminoso pode estar por trás das mortes

    | Foto: divulgação

    Manaus - Dois corpos encontrados, na manhã da segunda-feira (30), na Zona Norte de Manaus, chamaram a atenção da polícia pelas características que foram "desovados".

    Os cadáveres são do sexo masculino, não identificados até a publicação desta matéria, e foram descartados em área de mata. A dinâmica repassada por testemunhas à polícia indica também que um mesmo grupo criminoso pode estar por trás das mortes.

    Os casos ocorreram nas comunidades Agnus Dey, no bairro Monte das Oliveiras, e Jardim Vera Cruz, no bairro Santa Etelvina. Moradores dessas localidades presenciaram quatro criminosos chegando em um carro branco e tirando os corpos do veículo.

    Tudo indica que seja os mesmos suspeitos. As vítimas, possivelmente, foram mortas em outros lugares, pois não foram reconhecidas nas regiões onde foram achadas", explicou o subtenente J. R. Pereira, da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

    Facadas

    Degolado e com, pelo menos, 15 facadas, um corpo de um homem foi encontrado, na madrugada da segunda-feira (30), em uma área de mata localizada na rua 26, na comunidade Agnus Dey, bairro Monte das Oliveiras.

    Segundo informações da Polícia Militar, por volta das 5h30, o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) acionou policiais da 26ª Companhia Interativa de Polícia Comunitária (Cicom), para averiguar o encontro do cadáver.

    “O corpo da vítima apresentava várias perfurações de golpes de faca, além disso, estava com um corte profundo na região da garganta. Moradores próximos ao local relataram que quatro ocupantes de um carro branco teriam abandonado o corpo na área”, informou o subtenente.

    No momento em que foi encontrada, a vítima estava sem camisa e descalças. Além disso, uma faca ensanguentada foi encontrada próximo ao corpo, que, possivelmente, foi usada no crime.

    Enterrado

    Com as mãos amarradas, a segunda vítima foi encontrada enterrada em uma área de mata, localizada na rua Bela Vista, comunidade Jardim Vera Cruz, bairro Santa Etelvina, Zona Norte.

    Testemunhas relataram à Polícia Militar que, por volta das 3h, quatro criminosos foram vistos tirando o corpo do porta-malas de um carro, de cor branca, placa não identificada.

    Os suspeitos estacionaram o carro no fim da rua, que não é pavimentada, e arrastaram o cadáver por cerca de 100 metros até a área de mata, onde o enterraram.

    Devido a área ser de difícil acesso, a 26ª Cicom teve que acionar o Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM) para auxiliar na remoção do cadáver. Após um trabalho de quase duas horas, a equipe de resgate conseguiu retirar o corpo da cova.

    Os peritos explicaram que o cadáver apresentava manchas de sangue, mas devido estar sujo de barro não deu para identificar perfurações ou outras marcas de violência no local. A vítima estava com as mãos amarradas para frente.

    Os cadáveres foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML). Os crimes são investigados pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

    Leia mais 

    Jovem morto a tiros é encontrado em campo de futebol no Amazonas

    Travesti é morta com golpe de punhal no peito na Zona Leste de Manaus

    Segurança morre em hospital após ser baleado no Redenção