Fonte: OpenWeather

    Execução


    Criminosos soltam fogos e deixam aviso após executarem "X-9" no Zumbi

    Os policiais encontraram o corpo da vítima caído com as mãos e pés amarrados

    Os policiais encontram o recado e fogos de artifícios usados pelos criminosos para comemorar a morte | Foto: Suyanne Lima

    Manaus - Um homem não identificado foi executado em uma área de mata na rua Padre Marcelino, no bairro Zumbi dos Palmares, na Zona Leste de Manaus. Os assassinos soltaram fogos e deixaram um bilhete  indicando que o homem morreu após ter trocado de facção criminosa e por ser, supostamente,  "X9" (termo usado para definir quem trai o grupo criminoso). 

    De acordo com a equipe da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), dois suspeitos estavam fugindo em uma motocicleta modelo Honda CG Fan 125, de cor vermelha, quando foram avistados por policiais das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). Eles abandonaram a motocicleta e saíram correndo pela área de mata. 

    Os policiais foram atrás e já encontraram o corpo da vítima caído com as mãos e pés amarrados. Os suspeitos ainda soltaram fogos e deixaram um aviso próximo ao local do corpo.

    O cartaz deixado pelos criminosos sugere que o homem era traidor da facção
    O cartaz deixado pelos criminosos sugere que o homem era traidor da facção | Foto: Suyanne Lima


    Apesar das buscas, a dupla não foi localizada. As equipes do Departamento de Perícia Técnico-Científica, Delegacia, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e Instituto Médico Legal (IML) foram acionadas para atender a ocorrência. 

    O corpo tinha marcas de tiros e golpes de faca
    O corpo tinha marcas de tiros e golpes de faca | Foto: Suyanne Lima


    Após a perícia, foi constatado que o homem foi assassinado com tiros na cabeça e perfurações por arma branca no peito. O corpo dele foi removido à sede do IML, onde irá passar por exame necroscópico.

    As investigações ficam a cargo da DEHS. A motocicleta abandonada pelos criminosos foi apreendida.

    Veja a reportagem feita no local do crime: