Fonte: OpenWeather

    Execução


    Mototaxista é morto por 'pistoleiros' na Zona Leste

    A vítima ainda tentou correr, mas foi atingida por disparos e caiu no terreno da casa

    O mototaxista foi morto na comunidade Santa Inês | Foto: Bianca Ribeiro

    Manaus - O mototaxista Amarilzo da Paixão, de 56 anos, foi morto  a tiros na noite desta quarta-feira (30), na rua Coleiro, na comunidade Santa Inês, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus.

    De acordo com o sargento Vivaldo Lima da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a vítima estava sentada em uma cadeira quando foi surpreendida por dois criminosos que chegaram a pé. A vítima ainda tentou correr, mas foi atingida por disparos e caiu no terreno da casa. Nenhum objeto dele foi levado pela dupla.   

    "O filho da vítima relatou que ela estava sendo ameaçado por traficantes por conta da venda de um terreno. Agora a investigação vai ser feita pela Polícia Civil", disse o sargento Vivaldo Lima. 

    As equipes da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionadas para atender a ocorrência e isolar o local do crime. Os órgãos competentes foram acionados. 

    "Amarísio era uma pessoa tranquila e sempre alegre com todos. Ele não mexia com ninguém. Estamos sem entender o porquê de ele ter sido morto desta forma. É triste ver um companheiro indo embora desta forma", relatou o mototaxista Rodrigo Silva, que trabalhava na mesma base que a vítima.  

    O caso deverá ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a equipe do Instituto Médico Legal (IML) removeu o corpo da vítima.