Fonte: OpenWeather

    Ação policial


    Acusado de homicídio, ‘Plaboy’ é preso novamente após roubos no AM

    Além de ser preso por cometer um arrastão com outros dois comparsas, Bruno de Souza, o "Plaboy" já responde por homicídio e por integrar uma quadrilha de "piratas de rio"

     

    "Playboy" estava foragido
    "Playboy" estava foragido | Foto: Divulgação/PMAM

    Coari - Bruno de Souza Pereira, conhecido como "Playboy", e outros dois comparsas, que não tiveram os nomes divulgados, foram presos na noite desta terça-feira (5), suspeitos de cometerem um arrastão em frente a uma escola de Coari, a 363 quilômetros de Manaus.

    Segundo a polícia, Bruno também tinha um mandado de prisão em aberto por homicídio, e é apontado como integrante de uma quadrilha de "piratas de rio".

    De acordo com o 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o caso teve início quando as vítimas estavam utilizando internet em frente a uma escola e foram surpreendidas pelos criminosos. Portando arma de fogo, o trio roubou, pelo menos, três celulares.

    Após serem acionados, as autoridades iniciaram as buscas pelos suspeitos. Denúncias anônimas informaram que o trio estaria escondido na casa da sogra de Bruno Pereira.

    Já na residência, uma equipe da Polícia Militar questionou sobre o genro à mãe da companheira de “Playboy”. Ela chegou a negar que estivesse escondendo os criminosos, mas após vistoriar o local, a equipe do 5º BPM encontrou o trio em um dos quartos do imóvel.

     

    Material apreendido com o trio.
    Material apreendido com o trio. | Foto: Divulgação/PMAM

    Com os suspeitos, a Polícia Militar apreendeu uma pistola, 13 munições, além de 03 celulares e uma pequena quantia em dinheiro. O trio foi encaminhado para a delegacia da cidade.

    Vida no crime

    Ainda segundo as autoridades, “Playboy” estava com um mandado de prisão em aberto pelo homicídio de um desafeto, identificado apenas como “Theco”. Ele também é apontado como integrante de um grupo criminoso formado por piratas que praticam roubos em embarcações nos rios do Amazonas.

    O acusado já havia sido preso no ano passado, e levado para a Unidade Prisional de Coari. Entretanto, ele conseguiu alvará de soltura na Justiça e foi liberado, mas voltou a praticar roubos no município. 

    Leia mais

    Vídeo: vítimas reagem, lutam com bandidos e são baleadas em Manaus

    Dois são baleados em troca de tiros na Compensa e um morre

    Suspeito de assalto é espancado por moradores no Colônia Terra Nova