Fonte: OpenWeather

    Ação policial


    Especialistas em desmanche e clonagem de veículos são presos em Manaus

    Segundo a polícia, após quase um mês de investigação, a ação policial foi deflagrada com troca de tiros, fuga e prisão de dois suspeitos

     

    Suspeitos foram flagrados realizando o desmanche de uma motocicleta roubadas
    Suspeitos foram flagrados realizando o desmanche de uma motocicleta roubadas | Foto: Divulgação/PCAM

    Manaus - Um operação deflagrada pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (4), desarticulou uma célula de uma organização criminosa responsável por desmanchar e clonar veículos na zona Leste da capital amazonense. Jonas Silva dos Santos e Felipe Junior Souza da Costa, integrantes do grupo, foram presos, enquanto Tarsis da Silva Gonçalves, considerado o criminoso que mais responde a processos na Justiça por furtos de veículos no Amazonas, segue foragido.

    Segundo o delegado Cícero Túlio, titular da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (DERFV), as investigações em torno do caso iniciaram há cerca de três semanas, quando investigadores receberam a informação de que veículos furtados estavam sendo clonados para serem destinados a uma quadrilha.

    Baseado nisso, as unidades policiais decidiram realizar um trabalho integrado, no qual foi possível identificar que os suspeitos mantinham uma base operacional para desmanche e clonagem dos automotores na rua Bela Vista, comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste da cidade.

    De acordo com o titular da DERFV, as equipes de investigação foram ao local apurar o caso, e flagraram Jonas e Felipe realizando o desmanche de uma motocicleta roubadas, e a adulteração de outros três veículos. Tarsis, que também estava no local, atirou contra os policiais e conseguiu fugir, enquanto a dupla foi detida. 

    “O Tarsis é considerado o criminoso que mais responde a furtos de veículos no estado do Amazonas, tendo sido condenado por furto qualificado, além de atualmente responder a pelo menos dez processos criminais, além de mais de 20 Inquéritos Policiais (IPLs) na Justiça”, explicou Túlio.

    Segundo o delegado, em junho de 2020, Tarsis foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por estar sendo investigado pelo furto de dezenas de motocicletas naquele ano, tendo conseguido alvará de soltura para responder em liberdade, cerca de um mês após ser preso.

    Veículos recuperados

    Durante as ações foram recuperados cinco veículos adulterados, diversas peças de veículos roubados que foram desmanchados, bem como vários chassis de motocicletas furtadas pelo grupo criminoso.

    Disque-denúncia

    “Quem tiver informações que possam ajudar a localizar Tarsis pode ligar de forma anônima ao 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM). O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia”, destacou o titular da DERFV.

    Procedimentos

    Os indivíduos foram autuados em flagrante por receptação qualificada, associação criminosa e adulteração de sinal identificador de veículo automotor e serão encaminhados à Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde permanecerão à disposição da Justiça.

    Tarsis segue foragido e irá responder pelos mesmos crimes. Além disso, também será indiciado por homicídio tentado qualificado em razão de ter atirado nos policiais.

    *Com informações da assessoria. 

    Leia mais

    Fuga e tiro: ladrão de carro é deixado pelo comparsa e preso em Manaus

    Chacina no Compensa: morre quarta pessoa baleada

    Terror no bairro Compensa: três são mortos e um é baleado



    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8